Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SÃO PAULO, 8 Jun (Reuters) – Uma das tenistas mais
vitoriosas do mundo, a brasileira Maria Esther Bueno morreu
nesta sexta-feira, aos 78 anos, em São Paulo, vítima de câncer,
informou o Hospital 9 de Julho, onde ela estava internada.
Maria Esther, famosa por sua forma elegante de atuar, é um
ícone do esporte, tendo conquistado 19 títulos de Grand Slam e
sendo considerada a campeã mundial em 1959, 1960, 1964 e 1966.
A brasileira conquistou quatro títulos de simples do Aberto
dos EUA e três de Wimbledon entre 1959 e 1966.
Nas duplas, Maria Esther ganhou 11 títulos de Grand Slam com
duplas femininas e um com duplas mistas, sendo que em 1960
venceu todos os quatro principais torneios do tênis ao lado de
Christine Truman na Austrália e com Darlene Hard na França, na
Inglaterra e nos EUA.
Ela acumulou um total de 589 títulos, de acordo com seu
site, durante uma carreira que durou cerca de 10 anos, mas foi
interrompida por uma lesão no cotovelo em 1967.
Em 1978, Maria Esther foi homenageada com o nome no Hall da
Fama do Tênis.
(Por Tatiana Ramil e Eduardo Simões)
(([email protected]; 55 11 5644 7759;
Reuters Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia