Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

28 Jan (Reuters) – O presidente Michel Temer disse em
entrevista ao apresentador de televisão Amaury Jr. exibida na
noite de sábado que tem "certeza" de que seu governo conseguirá
aprovar em fevereiro uma proposta de reforma da Previdência.
A fala vem em momento em que o governo do presidente Temer
tem prometido votar em 19 de fevereiro sua proposta de reforma
previdenciária, que enfrenta forte oposição de sindicatos e
partidos de oposição.
Na semana passada, o ministro da Secretaria de Governo,
Carlos Marum, disse que o governo contabiliza no momento 275
votos, dos pelo menos 308 necessários para aprovar a medida na
Câmara dos Deputados.
"Eu acho que a esta altura, do jeito que está, a reforma da
Previdência, sem causar problema para ninguém, apenas cortando
alguns privilégios, já está sendo absorvida pela
população…tenho certeza de que em fevereiro nós vamos
conseguir fazer a reforma da Previdência", disse Temer.
Na entrevista, transmitida pela TV Bandeirantes, Temer
afirmou ainda que não será candidato à reeleição neste ano e que
quer ser "lembrado lá na frente como o sujeito que fez as
reformas indispensáveis para o país".
Ele disse também que o recente rebaixamento da nota de
crédito do Brasil pela agência de classificação de risco
Standard & Poor's aconteceu justamente devido às dúvidas em
torno da aprovação da proposta para a Previdência.
"O que levou a essa nota de crédito foi a história de que
não vai se conseguir fazer a reforma da Previdência…isso é
fundamental para o Brasil", defendeu.
O presidente disse ainda que um fracasso na aprovação das
mudanças agora resultaria em uma necessidade de "reforma
radical" na Previdência no futuro e citou exemplos de países que
reduziram aposentadorias, como Portugal e Grécia.

(Por Luciano Costa)
(([email protected]; 5511 5644 7519;
Reuters Messaging: [email protected]
– Twitter: @AnaliseEnergia))

MetaTrader 300×250