Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

ROMA, 18 Jan (Reuters) – A Telecom Italia disse
aos sindicatos que pretende cortar até 7.500 empregos na Itália
por meio de demissões incentivadas e aposentadorias antecipadas,
disse uma fonte sindical trabalhista nesta quinta-feira.
O maior grupo de telefonia da Itália, que emprega quase 60
mil pessoas em suas operações domésticas, não fez nenhum anúncio
oficial sobre o assunto.
A empresa também planeja contratar 2 mil novos funcionários
e financiar seus contratos, pedindo que todos os outros
funcionários trabalhem 20 minutos menos por dia, acrescentou a
fonte.
A Telecom Italia não comentou o assunto.
(Por Alberto Sisto)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447745))
REUTERS TH ES


Assuntos desta notícia