Clicky

Sexta-Feira 13, Obamacare e dados chineses

MetaTrader 728×90

Sexta-feira 13 para os supersticiosos que requer leve ajuste depois do feriado de ontem, como mercado parado no Brasil. Mercados da Europa operaram com comportamento misto, coma aversão ao risco voltando um pouco por conta da Catalunha e Brexit no dia de ontem. Nos EUA, tivemos mais um dia de oscilações brandas e fechamento em queda para os principais indicadores.

O FMI diagnosticou que o quadro da economia global segue melhorando, com 75% dos países mostrando alta do PIB em 2017. Donald Trump começou a desmontar o programa de saúde conhecido como Obamacare e voltou a falar que brevemente anunciará forte redução de impostos. A agência de classificação de risco S&P advertiu o Brasil que sem reformas estruturais o país corre risco de ser novamente rebaixado. Isso vem em linha com declarações dadas na semana por outras duas agências importantes, a Moody’s e Fitch.

MetaTrader 300×250

Hoje mercados em alta na Ásia por conta de dados anunciados pela China, Europa transitando entre levemente positiva e negativa e índices futuros do mercado americano com pequena valorização nesse início de manhã. No Brasil, há espaço para seguirmos em recuperação, com nenhum ajuste requerido em função da paralisação de ontem.

Durante a madrugada, a China divulgou dados da balança comercial de setembro com exportações crescendo anualizadas 8,1% e importações com expansão de 18,7% também anualizadas. As exportações de petróleo cresceram 12% e cobre com +26%. Isso puxa as cotações dessas commodities na sessão de hoje. Na Alemanha, a inflação medida pelo CPI (Consumidor) de setembro ficou em +0,1%, deixando a taxa anualizada em 1,8%, de acordo com o previsto.

Os mercados vão ter que ajustar para a safra de balanços do terceiro trimestre que começa a sair. O Bank of America mostrou lucro de US$ 5,6 bilhões no terceiro trimestre. Na sequência dos mercados no exterior, o petróleo WTI negociado em NY mostrava alta de 1,90%, com o barril cotado a US$ 51,56. O euro era transacionado em US$ 1,182 e notes americanos com taxa de juros de 2,33%. Commodities agrícolas na bolsa de Chicago com viés de alta e o ouro e a prata negociados na Comex em queda.

No Brasil, mercados vão repercutir a decisão do STF na noite de quarta-feira sobre precisar de aval do Congresso quando for afastamento de parlamentares. O ministro Henrique Meirelles disse que o Brasil pode crescer até 3,0% em 2018 e que com reformas, o PIB potencial brasileiro pode chegar a 4,0%. Vão avaliar o PPI (Preço no Atacado) americano de setembro com alta de 0,4% que colocou no radar a alta de juros na reunião do FED de dezembro.

Na sequência dos mercados, ainda no cenário local, os DIs começando o dia com alta dos juros e o dólar em alta de 0,25% e cotado a R$ 3,179. Na Bovespa, mercados podem tentar recuperação e fechar mais uma semana em alta.

Na agenda do dia, indicadores nos EUA com capacidade de influírem nos mercados. Teremos a inflação pelo CPI (Consumidor) de setembro, as vendas no varejo e o índice de confiança do consumidor de Michigan de outubro. Além disso, teremos discursos de três dirigentes do FED.

Bom dia e bons negócios.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia