Clicky

MetaTrader 728×90

Por Alastair Macdonald e Guy Faulconbridge

BRUXELAS/LONDRES (Reuters) – O Reino Unido e a União Europeia chegaram a um acordo nesta sexta-feira para avançar as negociações sobre a saída britânica do bloco, conhecida como Brexit, para conversas sobre comércio e um período de transição, depois de concordarem com o esboço dos termos do divórcio, amenizando a pressão sobre a primeira-ministra britânica, Theresa May.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

A Comissão Europeia disse que progresso suficiente foi alcançado depois que os dois lados trabalharam noite adentro para colocar fim a um impasse sobre o status da fronteira irlandesa, que havia prejudicado a tentativa anterior de um acordo na última segunda-feira.

A Comissão deu o veredito por meio de um comunicado após intensas negociações, que resultaram em May pegando um voo logo cedo para Bruxelas para anunciar o acordo ao lado do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, elogiou o acordo, mas disse que Londres ainda precisa dar mais clareza sobre a nova relação com a UE após o Brexit.

"Todos sabemos que o rompimento é difícil, mas romper e construir uma nova relação é muito mais difícil", disse. "Muito tempo foi devotado a tarefa mais fácil e agora… temos de fato menos de um ano" para negociações, antes da saída britânica da UE em março de 2019.
2017-12-08T095856Z_1_LYNXMPEDB70OI_RTROPTP_1_BRITAIN-EU-PROTEST.JPG urn:newsml:onlinereport.com:20171208:nRTROPT20171208095856LYNXMPEDB70OI Bandeira do Reino Unido e da União Europeia são vistas em Londres OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20171208T095625+0000 20171208T095856+0000


Assuntos desta notícia