Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Natalia Shurmina
ECATERIMBURGO, Rússia, 11 Jun (Reuters) – Em um dia frio de
fevereiro, moradores de um prédio na cidade russa de
Ecaterimburgo, que receberá jogos da Copa do Mundo, foram
abruptamente impedidos de pegar sua principal via de acesso ou
entrar no próprio estacionamento.
Uma cerca de metal agora separa os moradores do estádio de
futebol que irá receber quatro partidas da Copa do Mundo.
A barreira de segurança de três metros de altura, monitorada
por câmeras de circuito fechado, se estende por diversos
quarteirões e ficará montada até agosto, embora o torneio
termine no dia 15 de julho.
A polícia advertiu moradores a não utilizar suas varandas,
abrir as janelas ou ficar perto delas em dias de partida para
não serem confundidos com agressores e possivelmente baleados
por atiradores da polícia.
Moradores do número 27 da rua Krylova, um prédio marrom e
bege de 12 andares com telhado vermelho, moram tão perto que
podem ver torcedores nas arquibancadas de suas próprias janelas
em dias de jogo.
"Nós agora vivemos em um zoológico atrás das grades", disse
a moradora Elena Mormol. "A entrada do nosso prédio está
sitiada".
(Reportagem de Polina Ivanova e Gabrielle Tetrault-Farber)
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))
REUTERS PF


Assuntos desta notícia

Join the Conversation