Clicky

MetaTrader 728×90

WASHINGTON, 19 Abr (Reuters) – A senadora democrata Heidi
Heitkamp disse nesta quinta-feira que irá votar a favor do
indicado do presidente norte-americano, Donald Trump, a
secretário de Estado, Mike Pompeo, tornando provável que o
diretor da CIA seja confirmado para assumir o cargo.
Uma moderada que disputa reeleição neste ano na Dakota do
Norte, um Estado onde Trump, que é republicano, venceu com
facilidade em 2016, Heitkamp é a primeira senadora democrata a
apoiar o indicado.
“Pompeo demonstrou durante seu processo de nomeação e
durante nosso encontro em março que está comprometido a
empoderar os diplomatas do Departamento de Estado para que
possam fazer seus trabalhos em avançar interesses americanos”,
disse Heitkamp em comunicado.
À medida que o senador republicano Rand Paul anunciou sua
oposição, e o senador John McCain tem estado ausente de
Washington e incapaz de votar por conta de doença, Pompeo
precisa de ao menos um voto democrata para conquistar uma
maioria no Senado.
Republicanos possuem uma maioria de somente 51 a 49 na Casa.
Adversários à nomeação de Pompeo citaram inquietações,
incluindo preocupações de que ele iria favorecer ação militar ao
invés de democracia e conexões passadas com grupos vistos como
anti-muçulmanos e socialmente conservadores. Isso, dizem seus
oponentes, faria dele a pessoa errada para representar os EUA no
cenário mundial.
Republicanos que apoiam Pompeo acusam democratas de fazer
política partidária em um momento em que o país precisa de um
secretário de Estado para lidar com crises como a guerra civil
na Síria e o desenvolvimento de armas da Coreia do Norte, que
Pompeo recentemente visitou com o líder do país, Kim Jong Un.
Apoiadores de Pompeo destacaram seu encontro com Kim, que
Trump confirmou na quarta-feira, como prova do comprometimento
de Pompeo com a diplomacia.
(Reportagem de Patricia Zengerle)


Assuntos desta notícia