Clicky

Chart Trading 728×90

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu impor “um imposto fronteiriço importante” às empresas que transferirem sua produção para o exterior e venderem mercadorias para os Estados Unidos. As informações são da agência Xinhua.

“Se você quer mudar sua fábrica para o México, ou para outro lugar, e demitir todos os seus trabalhadores de Michigan e Ohio, e em todos esses lugares onde eu ganhei, por uma boa razão, isso não vai mais acontecer”, disse Trump na quarta-feira (11), em Nova York, em sua primeira conferência de imprensa desde que ganhou a eleição presidencial em novembro.

MetaTrader 300×250

“Haverá um grande imposto de fronteira sobre essas empresas que estão saindo,” disse Trump, que se recusou a oferecer mais detalhes sobre o imposto que tributa as importações e cria incentivos para a produção doméstica. “Há vários lugares para onde você pode levar sua empresa, e eu não me importo onde, desde que seja dentro das fronteiras dos Estados Unidos,” disse.

Trump pressionou nas últimas semanas a Ford, a General Motors, a Toyota e outras empresas a trazer suas fábricas de volta para os EUA, ameaçando impor o imposto de fronteira se eles levarem sua produção para o México.

Funcionários do comércio norte-americano alertaram conto que tal imposto seria susceptível de enfrentar um processo na Organização Mundial do Comércio e também poderia expulsar dos EUA empresas que são cruciais para as cadeias de suprimentos globais e para competir internacionalmente.

“Se discriminar as importações, isso aumentará as preocupações comerciais internacionais e, naturalmente, terá um impacto significativo sobre qualquer consumidor ou qualquer negócio que dependa das importações como insumos,” disse o representante comercial dos EUA, Michael Froman, em entrevista ao jornal Financial Times.


Assuntos desta notícia