Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por James Oliphant e Lisa Lambert
WASHINGTON, 17 Mai (Reuters) – O presidente dos Estados
Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que membros da
Otan que não contribuírem completamente ao grupo terão que
"lidar com isso" e destacou a Alemanha como um país que disse
não estar fazendo o suficiente.
Em encontro de gabinete com presença do secretário-geral da
Organização do Tratado do Atlântico Norte, Jens Stoltenberg,
Trump listou países que disse que haviam pago a quantia “que
deveriam estar pagando”.
“Nós temos alguns que não e, bem, eles terão que lidar com
isso”, disse Trump.
Ele acrescentou que a Alemanha “não contribuiu o que deveria
estar contribuindo e que é uma grande beneficiária”.
Apesar de frequentemente discordar de Trump em outras áreas,
a chanceler alemã, Angela Merkel, concorda que a Alemanha deve
contribuir mais e quer que o país impulsione gastos militares
para cumprir a meta da Otan de 2 por cento. Ela disse a
autoridades militares seniores na segunda-feira que maiores
gastos são necessários em face das mudanças de exigências de
segurança no mundo.
Stoltenberg elogiou o trabalho de Trump em escorar a Otan,
cujo propósito contínuo foi questionado por Trump durante
campanha da eleição de 2016.
Sentado à direita de Trump, Stoltenberg disse: “Sua
liderança em gastos de defesa tem realmente ajudado a fazer uma
diferença”.
“Isto está impactando aliados porque agora todos os aliados
estão aumentando gastos em defesa”, disse. “Nenhum aliado está
cortando seu orçamento”, completou.
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS TR


Assuntos desta notícia

Join the Conversation