Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Michel Temer vai iniciar uma reforma ministerial que deverá estar concluída até meados de dezembro, afirmou nota da Secretaria de Comunicação da Presidência nesta segunda-feira, poucas horas depois de o ministro das Cidades, Bruno Araújo, do PSDB, pedir demissão do cargo.

Aliados do governo vinham pedindo uma reforma ministerial, inclusive como forma de melhorar as chances de aprovação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, ao mesmo tempo em que o PSDB ensaiava o desembarque do governo.

MetaTrader 300×250

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)
2017-11-13T224113Z_1_LYNXMPEDAC1VR_RTROPTP_1_POLITICA-REFORMAMINISTERIAL-COMECA.JPG urn:newsml:onlinereport.com:20171113:nRTROPT20171113224113LYNXMPEDAC1VR Presidente Michel Temer durante cerimônia no Palácio do Planalto OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20171113T224113+0000 20171113T224113+0000


Assuntos desta notícia

Join the Conversation