Clicky

MetaTrader 728×90

BRASÍLIA, 30 Jan (Reuters) – O presidente em exercício do
Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, negou no
início da noite desta terça-feira um pedido de liminar em habeas
corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula
da Silva para evitar que o petista seja preso em razão da
condenação na semana passada pelo Tribunal Regional Federal da
4ª Região (TRF-4).
A defesa do petista impetrou um habeas corpus preventivo
mais cedo no STJ.
Em despacho publicado no site do STJ, Martins rejeitou a
liminar e pediu informações do caso, abrindo vista ao Ministério
Público Federal.

(Reportagem de Ricardo Brito; Edição de Alexandre Caverni)
(([email protected]; 55-11-56447702; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia