Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

JOHANESBURGO, 14 Fev (Reuters) – O presidente da África do
Sul, Jacob Zuma, renunciou nesta quarta-feira, atendendo a
exigências do partido Congresso Nacional Africano (CNA) para
encerrar nove anos de um governo marcado por escândalos.
Em um discurso de despedida à nação que durou 30 minutos,
Zuma, de 75 anos, afirmou que não concordou com a forma como o
CNA o forçou a renunciar depois da eleição de Cyril Ramaphosa
como presidente do partido em dezembro.
(Por James Macharia)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447753))
REUTERS AAJ PF


Assuntos desta notícia

Join the Conversation