Clicky

Profitchart Pro 728×90

O secretário-geral da ONU, António Guterres, qualificou nesta sexta-feira como uma “manifesta violação” das resoluções do Conselho de Segurança o novo teste balístico realizado pela Coreia do Norte.

O lançamento aconteceu na noite de ontem do aeroporto de Pyongyang. O míssil sobrevoou a ilha japonesa de Hokkaido e caiu 20 minutos depois em águas do oceano Pacífico, a cerca de 2.000 quilômetros do território nipônico.

MetaTrader 300×250

Por meio do seu porta-voz, Guterres expressou sua condenação por este fato e pediu aos líderes do regime de Pyongyang que cessem estas práticas.

“Esta manifesta violação das resoluções do Conselho de Segurança se produz dias depois que a Coreia do Norte efetuou seu sexto teste nuclear”, lembrou o comunicado.

Na nota, Guterres faz um apelo ao regime de Pyongyang para que aceite “explorar o reatamento de um diálogo sincero sobre a desnuclearização” na região.

O comunicado aponta que Guterres analisará este tema durante as reuniões que acontecerão nas Nações Unidas na próxima semana por ocasião do debate anual de alto nível da Assembleia Geral.

Pouco após saber deste lançamento, o Conselho de Segurança anunciou a convocação de uma reunião de urgência para hoje, com o objetivo de realizar consultas a portas fechadas.

O novo desafio norte-coreano aconteceu depois que na segunda-feira passada o Conselho de Segurança aprovou um novo pacote de sanções econômicas contra o regime de Pyongyang pelo teste nuclear do último dia 3 de setembro.
Com Ag. EFE


Assuntos desta notícia

Join the Conversation