Clicky

MetaTrader 728×90

Por Anthony Boadle
BRASÍLIA, 6 Dez (Reuters) – O Mercosul está confiante de que
um acordo com a União Europeia será anunciado na próxima semana
apesar da resistência de produtores na Europa a permitir
importações de carne bovina livre de tarifas, disse na
terça-feira uma autoridade do bloco comercial.
"Existe uma chance de mais de 70 por cento de alcançar um
acordo", disse a autoridade próxima das negociações, que se
arrastam por quase duas décadas. Ele pediu anonimato devido à
sensibilidade das negociações.
O acordo entre a UE e o Mercosul seria anunciado durante a
reunião de ministros da Organização Mundial de Comércio (OMC) na
próxima semana em Buenos Aires, e poderia ser assinado em meados
de 2018 desde que todas as questões técnicas legais tenham sido
revisadas, disse a fonte.
Negociadores trocaram ofertas melhoradas em Bruxelas na
terça-feira, embora não tenham incluído novas ofertas da UE para
acesso para carne e etanol sul-americanos, os maiores obstáculos
para um acordo.
Essas ofertas serão feitas em Buenos Aires, mais
provavelmente no domingo antes do início da reunião da OMC,
disse a autoridade.
Os membros do Mercosul –Brasil, Argentina, Paraguai e
Uruguai–buscam uma melhora da oferta da UE para importações
livres de impostos de 70 mil toneladas por ano de carne bovina e
600 mil toneladas de etanol por ano. Eles reclamam que ela está
abaixo da oferta de 100 mil toneladas que UE fez em 2004, embora
os negociadores da UE afirmem que os europeus comem menos carne
hoje.
"Estou bastante confiante de que as coisas estão em um bom
caminho", disse a autoridade do Mercosul. "Carne bovina e etanol
serão questões difíceis para os ministros na próxima semana, mas
encontrar cotas para ambos não está fora de alcance."
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO


Assuntos desta notícia

Join the Conversation