Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

GENEBRA, 18 Mai (Reuters) – Israel tem privado palestinos
sistematicamente de seus direitos humanos, com 1,9 milhão de
pessoas em Gaza "enjauladas em uma favela tóxica do nascimento
até a morte", disse nesta sexta-feira o chefe de direitos
humanos da ONU, Zeid Ra'ad al-Hussein.
Abrindo uma sessão especial do Conselho de Direitos Humanos
da ONU que pode estabelecer uma comissão de inquérito sobre a
violência recente em Gaza, Zeid criticou duramente Israel,
dizendo que as forças de segurança israelenses mataram 60
palestinos somente na segunda-feira.
"Ninguém ficou mais seguro pelos terríveis acontecimentos da
semana passada", disse. "Acabem com a ocupação e a violência, e
a insegurança desaparecerá em grande parte".
(Reportagem de Tom Miles)
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))
REUTERS PF


Assuntos desta notícia

Join the Conversation