Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Dan Williams e Angus McDowall
JERUSALÉM/BEIRUTE, 10 Mai (Reuters) – Israel afirmou nesta
quinta-feira que atacou quase toda infraestrutura militar do Irã
na Síria depois que forças iranianas dispararam pela primeira
vez mísseis contra território controlado por Israel.
A ação representa a mais pesada investida militar israelense
na Síria desde o início da guerra civil síria em 2011, na qual
tropas iranianas, milícias xiitas e soldados russos se
mobilizaram em apoio ao presidente sírio, Bashar al-Assad.
O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que monitora
o conflito, disse que os ataques israelenses mataram pelo menos
23 militares, incluindo sírios e não sírios.
O ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, disse que
os mísseis iranianos não acertaram seus alvos, que eram bases
militares nas Colinas de Golã ocupadas por Israel, ou foram
interceptados.
As expectativas sobre um aumento de tensão na região, em
meio a alertas de Israel de que estava determinado a impedir o
entrincheiramento militar iraniano na Síria, foram alimentadas
pelo anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na
terça-feira, de que vai retirar seu país do acordo nuclear
fechado com o Irã em 2015.
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))
REUTERS PF


Assuntos desta notícia