Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

BRASÍLIA, 12 Jun (Reuters) – O Ministério da Fazenda calcula
que os impactos diretos da greve dos caminhoneiros na economia
somaram 15 bilhões de reais, o que deve levar a um crescimento
menor do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano.
A greve dos caminhoneiros durou 11 dias em maio e, além de
afetar em cheio a economia, também levou o governo a anunciar
medidas para reduzir os preços do diesel, com elevado custo
fiscal e abalo na confiança dos agentes econômicos.
Pesquisa Focus do Banco Central, que ouve cerca de uma
centena de economistas todas as semanas, mostrou que as
projeções para o crescimento do Brasil neste ano estão abaixo de
2 por cento e, pela primeira vez em quase cinco meses, foram
reduzidas para 2019.
O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) também já
havia feito um cálculo sobre o impacto da greve, de 5 bilhões de
reais, especificamente para o setor agropecuário.

(Reportagem de Mateus Maia; Texto de Patrícia Duarte; Edição de
Claudia Violante)
(([email protected]; +55 11 5644-7732; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation