Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

BERLIM, 13 Mar (Reuters) – A taxa de imigração líquida na
Alemanha recuou para 500 mil em 2016 ante 1,14 milhão em 2015, o
ano da crise de refugiados do país, informou a Agência Federal
de Estatísticas do país nesta terça-feira.
Em 2016, 1.865.000 imigrantes chegaram à Alemanha e
1.365.000 pessoas emigraram, segundo a agência.
A onda de imigrantes que entraram no país em 2015, muitos
fugindo de guerras no Oriente Médio, ajudou a insuflar a
ascensão do partido anti-imigração Alternativa para a Alemanha
(AfD), que entrou no Parlamento pela primeira vez na eleição
nacional do ano passado.
O novo governo de coalizão da chanceler alemã, Angela
Merkel, que deve tomar posse na quarta-feira, prometeu
administrar e limitar a imigração rumo à Alemanha e à Europa
para evitar uma repetição do influxo de refugiados de 2015.
(Por Paul Carrel)
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))
REUTERS PF


Assuntos desta notícia