Clicky

MetaTrader 728×90

Por Saikat Chatterjee
LONDRES, 30 Nov (Reuters) – O dólar tinha alta nesta
quinta-feira ante uma cesta de moedas, mas caminhava para a
maior queda mensal desde julho, com os investidores mais
cautelosos com as perspectivas da maior economia do mundo.
Embora o crescimento econômico do terceiro trimestre nos EUA
tenha sido revisado para cima para 3,3 por cento em uma base
anualizada, os participantes do mercado ficaram cautelosos com
as perspectivas para a taxa de juros dos EUA após a esperada
alta no próximo mês.
"O movimento de alta para o dólar parece limita por enquanto
e o euro/dólar deve subir uma vez que a história de crescimento
na Europa ganha força", disse o estrategista sênior de câmbio do
Danske Bank, Morten Helt, que projeta que o euro se fortaleça
para 1,25 dólar nos próximos 12 meses.
Às 8:45 (horário de Brasília) o dólar avançava 0,27 por
cento contra uma cesta de moedas , a 93,419, mas acumulava
perdas de cerca de 1,4 por cento em novembro, maior queda em
quatro meses.
O impasse em torno da reforma tributária nos Estados Unidos
também ofuscava o impacto de dados econômicos favoráveis sobre o
dólar.
Já o euro perdia 0,17 por cento, a 1,1827 dólar, e
deve avançar 1,9 por cento no mês, embora abaixo do pico de dois
meses de 1,961 dólar atingido na segunda-feira.
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO CV


Assuntos desta notícia