Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

BARCELONA (Reuters) – A Catalunha irá adotar a lei do referendo que determina uma declaração de independência se o resultado oficial do referendo mostrar uma maioria a favor, disse o líder da Catalunha, Carles Puigdemont, em um programa de televisão exibido neste domingo.

"A declaração de independência, que nós não chamamos de declaração 'unilateral' de independência, é prevista na lei do referendo como um aplicação dos resultados. Iremos adotar o que a lei diz", disse Puigdemont em entrevista no programa da emissora TV3, da Catalunha, de acordo com um trecho divulgado no site do canal.

MetaTrader 300×250

O governo catalão afirma que mais de 90 por cento das pessoas que votaram no referendo de 1º de outubro foram a favor da independência da Catalunha do restante da Espanha. O referendo foi declarado ilegal pelas autoridades espanholas, e teve comparecimento de apenas 43 por cento.

A lei catalã que determinou a realização do referendo diz que o Parlamento da Catalunha deve declarar a independência da região dentro de 48 horas após uma proclamação de vitória do "sim" pela comissão eleitoral da Catalunha.

(Reportagem de Adrian Croft)
OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20171008T182754+0000


Assuntos desta notícia