Clicky

MetaTrader 728×90

BUENOS AIRES (Reuters) – A companhia aérea argentina Aerolíneas Argentinas encerrou seus voos semanais para Caracas citando "razões operacionais", informou a empresa em comunicado.

A companhia havia adiantado à Reuters em agosto que iria parar de vender passagens para o voo devido a preocupações de segurança em decorrência da crise política na Venezuela.

MetaTrader 300×250

A Aerolínas ofereceu transferir os passageiros para Bogotá, na vizinha Colômbia, sem custos.

A decisão de encerrar o voo semanal de Buenos Aires para Caracas isola ainda mais a Venezuela das rotas internacionais de viagem, depois que empresas como Lufthansa, Air Canada e United Continental decidiram deixar o país.

As empresas citaram fatores incluindo demanda fraca, problemas de pagamento por parte do governo do presidente Nicolás Maduro e preocupações de segurança.

Meses de protestos contra Maduro ao longo deste ano deixaram ao menos 125 mortos na Venezuela.

(Reportagem de Luc Cohen)
OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20171008T160044+0000


Assuntos desta notícia