Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

BRASÍLIA, 13 Mar (Reuters) – O Palácio do Planalto informou
nesta terça-feira que está providenciando todas informações
requeridas após ser notificado da quebra do sigilo telemático do
ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures, investigando
junto com o presidente Michel Temer no chamado inquérito dos
portos.
Em entrevista coletiva, os ministros Carlos Marun
(Secretaria de Governo) e Torquato Jardim (Justiça) negaram ter
conhecimento de uma busca que teria sido feita no Palácio do
Planalto pela Polícia Federal para coletar dados relacionados a
Loures.
Temer é alvo de investigação que visa esclarecer se recebeu
propina por meio do então assessor especial Loures para editar
um decreto que teria beneficiado a empresa Rodrimar em
alterações legais para área portuária.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu
Texto de Alexandre Caverni
Edição de Maria Pia Palermo)
(([email protected]; 55-11-56447702; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia