Clicky

MetaTrader 728×90

BRASÍLIA, 29 Nov (Reuters) – O ministro da Casa Civil,
Eliseu Padilha, disse nesta quarta-feira que não vê
possibilidade de novas concessões sobre a reforma da Previdência
e que o governo espera uma votação da proposta na Câmara dos
Deputados já na próxima semana.
Falando a jornalistas, Padilha disse que é prematuro contar
votos a favor da reforma agora e que o governo trabalha para que
ela seja aprovada em primeiro e segundo turnos na Câmara dos
Deputados este ano ainda.
Na terça-feira, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia
(DEM-RJ), evitou se comprometer publicamente com uma data para a
votação das mudanças previdenciárias. "Se eu tivesse a resposta,
já teria dado", disse Maia a jornalistas quando questionado
sobre uma data-limite para a votação este ano.

(Reportagem de Ricardo Brito; Texto de Alexandre Caverni;
Edição de Eduardo Simões)
(([email protected]; 55-11-56447702; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia