Clicky

O dia até que começou bem, mas os mercados fecham em queda

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Dia de Inversão

O dia até que começou bem nos principais mercados do mundo, ainda com o enfoque positivo do encontro das duas Coreias e comportamento mais tranquilo da taxa de juros dos notes americanos de 10 anos. Os mercados da Europa que fecham mais cedo não incorporaram a inversão de tendência do início da tarde no mercado americano, e vão pesar da próxima sessão. Também pesou ajuste de posições de virada do mês, que sempre agrega volatilidade.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

No início da tarde Netanyahu, primeiro ministro de Israel, declarou que o Irã mente sobre o acordo nuclear e que tem um projeto secreto “AMAD”, destinado ao fabrico e desenvolvimento de armas nucleares. Disse ter provas e encaminhou ao presidente Trump e outros. Trump disse que isso só comprova seu acerto com relação à saída do acordo, e que isso seria um aviso e sinalização importante para a Coreia do Norte e o próximo encontro que pode acontecer. Trump também versou sobre leis de imigração dizendo serem um desastre e indicou que a fronteira dos EUA precisa de segurança e muro.

Nos EUA a renda pessoal cresceu 0,3% e gastos com consumo de março com +0,4%. Por lá o PCE (deflator de gastos com consumo) ficou estável em março (núcleo com +0,2%) e taxa anual de 2,0%. O índice de atividade de Dallas subiu para 25,3 pontos em abril, vindo de anterior em 14,4. Vendas pendentes de imóveis cresceram a metade do previsto em 0,4%, e o índice de atividade ISM em alta para 57,6 pontos, de anterior em 57,4 pontos.

Na Alemanha a inflação medida pelo CPI (consumo) ficou estável e com taxa anual de 1,6%, quando o esperado era 1,7%. O primeiro ministro do Canadá trouxe a informação que os acordos do Nafta tiveram progresso significativo. No México o PIB do trimestre observou expansão de 1,2%.

Na sequência dos mercados no exterior o petróleo WTI negociado em NY mostrava nova alta de 0,46% e o barril cotado em US$ 68,41. O euro era transacionado em queda para 1,209 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 2,94%, em queda. O ouro e a prata mostravam quedas na Comex e commodities agrícolas com comportamento misto na bolsa de Chicago.
No segmento local o ministro da Fazendo Eduardo Guardia voltou a repetir que sem persistência nas reformas poderemos perder todo o avanço conquistado. O Bacen anunciou que o déficit do setor público de março foi de R$ 25,1 bilhões e gastos com juros no montante de R$ 72,5 bilhões. O déficit nominal foi de R$ 57,6 bilhões. O déficit primário em 12 meses está em R$ 108,4 bilhões, gastos com juros em R$ 379,5 bilhões e déficit nominal de 487,9 bilhões, algo como 7,37% do PIB. A dívida bruta subiu para 75,3% do PIB sendo a maior da série desde 2006.

No mercado os DIs tiveram dia de alta de juros para os principais vencimentos, e o dólar terminou cotado a R$ 3,504, em alta de 1,20%. Na B3, os investidores estrangeiros na sessão de 26/04 alocaram recursos da ordem de R$ 511 milhões, deixando o saldo positivo do mês em R$ 4,14 bilhões e o ano com ingresso líquido de R$ 4,18 bilhões.

No segmento acionário dia de alta na bolsa de Londres de 0,09% (mesmo com os problemas do Brexit), Paris com +0,68% e Frankfurt com +0,25%. Madri e Milão com altas de respectivamente 0,56% e 0,22%. No mercado americano queda do Dow Jones de 0,61% e Nasdaq com -0,75%. Na B3 queda de 0,38% e índice em 86115 pontos. Em abril valorização de somente 0,88%, e em 2018 +12,7%.

Na agenda de amanhã feriado no Brasil e em outros países, e sem agenda. Nos EUA teremos as vendas de veículos de abril, os investimentos em construção de março e indicadores de atividade PMI e ISM.

Boa noite

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/fal…


Assuntos desta notícia