Clicky

MetaTrader 728×90

RIO DE JANEIRO, 11 Out (Reuters) – Carlos Arthur Nuzman
renunciou nesta quarta-feira à presidência do Comitê Olímpico do
Brasil, órgão que ele comandava há 22 anos, informou o COB,
acrescentando que o vice Paulo Wanderlei assumirá a função.
Nuzman, que tinha mandato até 2020, está preso
preventivamente acusado de intermediar a compra de votos para a
cidade do Rio de Janeiro ganhar o direito de sediar os Jogos
Olímpicos de 2016.
(Por Rodrigo Viga Gaier; edição de Tatiana Ramil)
(([email protected]; 5511 56447765; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia

Join the Conversation