Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Nos Estados Unidos, os índices de Wall Street fecharam a última sessão do mês de abril em queda, com os investidores realizando lucros e na véspera de feriado. A cautela se dá com a reunião do Federal Reserve, que vai anunciar na quarta-feira (02) a política monetária.

Ao final, o S&P ficou em queda de 0,82% a 2.648 pontos. O Dow Jones ficou em queda de 0,61% a 24.163 pontos. O Nasdaq ficou em queda de 0,75% a 7.066 pontos.

MetaTrader 300×250

No mês, o Dow subiu 0,3%, reduzindo sua perda acumulada no ano para 2,3%. O S & P subiu 0,3% em abril e caiu 1% em 2018. O Nasdaq subiu menos de 0,1% no mês, com um avanço de 2,4% no acumulado do ano.

As ações de materiais e industriais também caíram mais de 1%. O índice de energia, que tinha sido o melhor desempenho do dia, caiu ante a incerteza que gera política no Oriente Médio que estima alta forte no preço petróleo, algo acima dos US$80, 00 a US$100,00 o barril.  O índice XLE, que é referência para mais de 40 empresas de energia dos Estados Unidos, fechou em queda de 0,12%.

As expectativas de que o presidente Donald Trump vai tirar os Estados Unidos do acordo internacional destinado a frear o programa nuclear do Irã reimpondo efetivamente as sanções a um dos maiores exportadores de petróleo do mundo ajudou a enviar futuros de petróleo para patamares acima de três anos.

A perspectiva de uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, que foi uma das maiores preocupações em abril, vai ter uma nova rodada com  o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, seguindo para China essa semana.

Os investidores também acompanharam o rendimento do título do Tesouro de 10 caindo nesta segunda-feira, 0,31 %, que na semana passada subiu acima de 3% pela primeira vez desde 2014. O susto da valorização se deu com os investidores retirando dinheiro de ativos mais arriscados, como ações.

Entre as ações com ganhos ficaram as do McDonald’s Corp, 5,6%, depois de divulgar lucro e receita melhores do que o esperado no primeiro trimestre.

As ações do Walmart Inc subiram 1,3% depois que o braço britânico da gigante varejista, Asda Group, concordou na fusão a cadeia de supermercados britânica J Sainsbury PLC, que viu os papéis em alta de 14,53%. O Walmart terá 42% dos negócios combinados e receberá £ 2,98 bilhões como parte do acordo, avaliando a Asda em cerca de £ 7,3 bilhões. Quando o acordo estiver concluído, o Walmart não deterá mais de 29,9% do total dos direitos de voto para o negócio combinado, disse Sainsbury.

Outra notícia corporativa ficou com a Marathon Petroleum Corp, alta de 0,77%, confirmando que planeja comprar a refinaria Andeavor em um negócio avaliado em mais de US $ 20 bilhões. As ações da Andeavor subiram 13%, enquanto as da Marathon subiram 0,8%.

Indicadores

Nos Estados Unidos, a renda pessoal aumentou US $ 47,8 bilhões (0,3%) em março, segundo estimativas divulgadas hoje pelo Departamento de Estatísticas. A renda pessoal descartável (DPI) aumentou US $ 39,8 bilhões (0,3%) e os gastos com consumo pessoal (PCE) aumentaram US $ 61,7 bilhões (0,4%). O DPI real aumentou 0,2% em março e o Real PCE aumentou 0,4%. O índice de preços do PCE aumentou menos de 0,1%. Excluindo alimentos e energia, o índice de preços do PCE aumentou 0,2%.

O aumento de US $ 50,0 bilhões do PCE real em março refletiu um aumento de US $ 24,2 bilhões nos gastos com bens e um aumento de US $ 26,8 bilhões nos gastos com serviços. Dentro das mercadorias, as compras de bens de lazer e veículos foram o principal contribuinte para o aumento. Nos serviços, o maior contribuinte para o aumento foi o gasto com eletricidade e gás para uso doméstico.

Nos Estados Unidos, a pesquisa para o Clima de Negócios de Chicago apresentado nesta segunda-feira mostra que o índice subiu 0,2 pontos, para 57,6 em abril, ante 57,4 em março, quebrando uma tendência de queda de três meses. A atividade empresarial continuou a subir em um ritmo sólido em abril, com o crescimento das operações das empresas subindo pela primeira vez no ano, embora marginalmente. Três dos cinco componentes do Barômetro caíram no mês, com apenas entregas de produção e fornecedores encontrando espaço para crescer.

O índice de vendas pendentes de casas, um indicador prospectivo baseado em contratações, avançou 0,4%, para 107,6 em março, de uma baixa revisada de 107,2 em fevereiro. Mesmo com o aumento da atividade no mês passado, o índice recuou anualizado (3,0%) pelo terceiro mês consecutivo.

As previsões para as vendas de residências existentes em 2018 devem ficar em torno de 5,61 milhões – de 5,51 milhões em 2017. Espera-se que o preço médio nacional das residências domésticas aumente em torno de 4,4%. Em 2017, as vendas existentes aumentaram 1,1% e os preços subiram 5,8%.


Assuntos desta notícia