Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

O advogado Marcos Vitório Stamm é o novo diretor-geral brasileiro interino da Binacional. Ele assume no lugar do engenheiro eletricista Luiz Fernando Leone Vianna, exonerado a pedido, na última sexta-feira (6), para atuar na iniciativa privada.

A nomeação do novo diretor-geral brasileiro foi feita pelo presidente Michel Temer e publicada nesta sexta-feira (13), no Diário Oficial da União (DOU). O decreto é assinado pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo novo ministro de Minas e Energia (MME), Moreira Franco, nomeado na segunda-feira, 09. No mesmo decreto ele foi exonerado da função de diretor financeiro executivo.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Stamm e o diretor administrativo de Itaipu, João Pereira, participaram da solenidade de transmissão de cargo do ex-ministro do MME Fernando Coelho Filho ao novo mandatário da pasta, em Brasília (DF). Stamm estava há pouco mais de um ano no cargo de diretor financeiro executivo de Itaipu.

Como diretor financeiro executivo, vários programas liderados por Stamm tiveram grandes avanços e foram ampliados para toda a região Oeste do Paraná, especialmente nas áreas de saúde e de educação financeira.

Stamm assumiu junto com Vianna, em março do ano passado e rapidamente imprimiu seu estilo agregador e impulsionou vários projetos e ações da área. Em seu comando está a coordenadoria do Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde (GT-Saúde), iniciativa voltada à promoção de diversas ações de saúde envolvendo instituições da Tríplice Fronteira.

No mês passado, Stamm foi o responsável pela assinatura de um termo de cooperação entre o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) e o Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP). A intenção da parceria é facilitar a realização de testes para a identificação de viroses transmitidas por vetores, como no caso de doenças como a dengue, zika, chikungunya, febre amarela e leishmaniose, entre outras.

O compromisso compreendeu também a inclusão do laboratório do HMCC no Sistema de Laboratórios do Estado do Paraná, sob supervisão do Laboratório Central do Paraná (Lacen). Com isso, o prazo de diagnóstico de viroses transmitidas por vetores deverá ser mais breve, além de contribuir também com pesquisas na área.

Em seu comando também, a Itaipu Binacional e a Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) lançaram, na semana passada, na sede da Amop em Cascavel, o Programa de Governança Municipal com Ênfase em Finanças e Logística de Suprimentos. A iniciativa prevê a capacitação de 1.600 gestores públicos dos 54 municípios da região, entre prefeitos, secretários e técnicos municipais. O objetivo é que as prefeituras possam ter uma administração mais eficiente e ética.

Ainda em sua gestão, o programa educação financeira, que tem conexão com um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas e do qual a binacional é signatária, foi ampliado. Intitulado Programa de Educação Financeira – O Valor do Amanhã, o programa foi estendido para mais de 30 municípios que integram a Amop. A ideia é capacitar professores para que eles levem aos alunos de 1ª a 5ª séries do ensino fundamental, a partir de 2018, informações sobre como lidar melhor com o dinheiro e ter uma vida financeira saudável.

Formando em Direito, Marcos Stamm também já discorreu, a convite de eventos da sua área de formação, para falar sobre a constituição de Itaipu, a partir de um tratado celebrado entre dois países (Brasil e Paraguai), em 1973; sua natureza jurídica e de como a empresa se tornou não apenas recordista mundial de produção de energia limpa, mas também exemplo em ações de sustentabilidade.

Nessas apresentações, o diretor também tem destacado o papel da Itaipu para impulsionar o desenvolvimento regional nos dois lados da fronteira. Desde 1985, quando começou a gerar energia, já foram repassados mais de US$ 10 bilhões em royalties ao Brasil e ao Paraguai. “Enfim, Itaipu é um caso de referência de integração entre países com grandes diferenças culturais e assimetrias econômicas.”

Quem é Stamm

Advogado público do Paraná, Stamm é londrinense, formado em Direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 1981, com pós-graduações em Direito Administrativo – Licitações e Contratos Administrativos, e em Direito Administrativo – Controle da Administração Pública, ambas pela Faculdade de Direito de Curitiba.

Foi diretor-geral da Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho do Paraná, em 1999 (durante o período respondeu pelo cargo de secretário de Estado da pasta); delegado regional do Trabalho substituto da Delegacia Regional do Trabalho do Estado do Paraná e chefe do Serviço de Relações do Trabalho, no período de 1996 a 1998; e diretor administrativo e financeiro da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em 1990.

Também foi assessor do governador do Estado do Paraná, em 2010; chefe de gabinete do secretário da Assessoria Especial do Governo do Estado do Paraná, no período de 1987 a 1990; chefe de gabinete da Fundação da Assistência aos Municípios do Paraná (Famepar), no período de 1984 a 1987; assessor técnico do Senado Federal – gabinete do senador Sérgio Souza, no período de 2011 a 2014.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation