Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta segunda-feira (08).

ÁSIA – Ao final, o índice Asia Dow ficou em alta de 0,17% aos 3.776. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em alta de 0,28% aos 30.899. O Xangai Composite ficou em alta de 0,52% aos 3.409. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em alta de 0,63% aos 2.513 pontos. O índice FTSE Straits, Singapura, ficou em alta de 0,65% aos 3.512. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,58% aos 34.352. O índice futuros XJO, da bolsa de valores de Sidney, ficou em alta de 0,13% aos 6.130. As bolsas mantiveram o rali da semana passada, antes da apresentação de dados da agenda econômica previstos para a semana. O índice regional de ações, MSCI Asia Pacific, fechou com alta de 0,20%, com os mercados do Japão fechados por conta de feriado. Contribuiu para o bom humor dos investidores, o aceno feito pelo presidente Donald Trump à Coreia do Norte, afirmando que os Estados Unidos estarão sempre abertos ao diálogo. O índice Kospi da Coreia do Sul fechou com alta, também em meio às expectativas em torno do encontro entre autoridade das Coreia do Norte e do Sul, amanhã, para discutir a participação de norte-coreanos na Olimpíada de Inverno. Na China, o governo anunciou regras mais rígidas para o setor bancário para conter os ricos financeiros.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 estava em alta de 0,25% a 398.34, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) estava em alta de 0,26% aos 22.822; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 0,32% aos 10.445; o DAX 30 (Frankfurt) estava em alta de 0,36% aos 13.367; o FTSE-100 (Londres) seguia em queda de 0,02% a 7.723; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,40% aos 5.492; e o PSI-20 (Lisboa) estava em alta de 0,65% aos 5.652. As bolsas operam com ganhos, com indicadores programados para hoje. Além disso, os investidores estão atentos para os demais mercados financeiros, que na semana passada conseguiram recordes históricos.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em alta de 0,02% aos 2.743; o Dow Jones (futuros) opera em alta de 0,17% aos 25.311; e o Nasdaq (futuros) segue em alta de 0,02% aos 6.669. O Russel 2000 segue em alta de 0,26% a 1.560. Em dia agenda vazia, as atenções dos investidores em Wall Street deverá ficar para as apresentações dos presidentes do Federal Reserve regionais. O índice DXY opera em alta e o juro pago pelo T-Bond de 10 anos sobe para 2,479% ao ano. Os seguintes membros do Fed devem se manifestar ao longo desta segunda-feira: R. Bostic (Fed Atlanta); J. Williams (Fed São Francisco); E. Rosegren (Fed Boston).

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em alta na bolsa de Futuros de Londres em 0,64% a US$68,96 o barril.

O petróleo WTI segue em alta de 0,70%, cotado a US$ 61,87 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, ficou em alta de 1,22% a US$77,74 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1003,33, alta de 0,37%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$981,69 e alta de 0,24%, a tonelada.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de ações de São Paulo deve seguir em alta, mas com um pouco de realização, com atenção para os demais mercados e sem grandes indicadores programados para essa segunda-feira. O DIs devem exibir flutuações modestas, com os vencimentos mais curtos especulando sobre nova surpresa positiva da inflação (IPCA de dezembro será divulgado na quarta-feira), alimentando possível extensão do corte da Selic até março. O dólar segue em alta de 0,21%.

AGENDA – Segunda-feira
Na Europa será apresentada a Confiança do Investidor e do Consumidor, Vendas no Varejo, Confiança Econômica, Industrial e do Setor de Serviços. Na Alemanha, os Pedidos à Indústria. Nos Estados Unidos, o Crédito ao Consumidor.


Assuntos desta notícia