Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta sexta-feira (26).

ÁSIA – Ao final, o índice Asia Dow estava em alta de 0,22% aos 3.924. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em alta de 1,53% aos 33.154. O Xangai Composite ficou em alta de 0,28% aos 3.558. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em alta de 0,49% aos 2.574 pontos. O índice FTSE Straits, Singapura, ficou em queda de 0,15% aos 3.567. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em queda de 0,31% aos 36.050. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,16% a 23.631. O índice futuros XJO, da bolsa de valores de Sidney, ficou em queda de 0,08% aos 6.050. Na Ásia, mercados de ações fecharam sem direção única nesta sexta-feira, onde o destaque foram os resultados divulgados por grandes empresas sul-coreanas, ligadas à construção civil, cujos lucros reportados ficaram abaixo do esperado pelo mercado.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em alta de 0,42% a 400.25, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) estava em alta de 0,28% aos 23.783; o Ibex 35 (Madri) seguia em alta de 0,14% aos 10.609; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em queda de 0,05% aos 13.292; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 0,40% a 7.645; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,86% aos 5.527; e o PSI-20 (Lisboa) estava em alta de 0,11% aos 5.772. Na Europa, as bolsas opera no azul. O euro, como as demais moedas, recupera valor frente ao dólar, sendo cotada a US$ 1,2456 de US$ 1,2409 de ontem à tarde. Apenas o Reino Unido divulga o PIB.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em alta de 0,35% aos 2.851; o Dow Jones (futuros) opera em alta de 0,26% aos 26.445; e o Nasdaq (futuros) segue em alta de 0,51% aos 6.967. O Russel 2000 segue em alta de 0,13% a 1.601. O dólar devolve boa parte da alta ocorrida depois que o presidente Donald Trump ter feito comentários defendendo um dólar forte. O índice DXY, que segue o valor da moeda americana frente a uma cesta de moedas, recua 0,57%, no momento. Hoje serão divulgados os dados preliminares do PIB do 4º trimestre. Para hoje também é aguardada a participação do presidente Donald Trump no Fórum Mundial de Davos, Suíça, agora pela manhã no horário de Brasília.

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em queda na bolsa de Futuros de Londres a 0,17% a US$71,07 o barril.

O petróleo WTI segue em alta de 0,05%, cotado a US$ 63,40 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, ficou em queda de 0,85% a US$74,40 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1033,42, alta de 0,33%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$1000,00 a tonelada.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de ações de São Paulo, na volta do feriado, os investidores devem manter o bom humor, depois do recorde de quarta-feira ao atingir os 83.680 pontos. A Bovespa deve acompanhar a valorização dos ADRs brasileiros ontem em Nova York, estimulados também pela nova captação externa da Petrobras. O otimismo que toma conta dos mercados brasileiros deve favorecer a manutenção do dólar e dos juros futuros nos baixos patamares atingidos na quarta-feira.

AGENDA – Sexta-feira

No Brasil, a FGV mostra a Sondagem da Construção, o INCC-M, Transações Correntes, Bandeira Tarifária, Sondagem da Indústria da Construção. No Reino Unido, o PIB. Nos Estados Unidos, o Consumo Pessoal, o PIB e as Encomendas de Bens duráveis.


Assuntos desta notícia