Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta segunda-feira (16).

ÁSIA – Ao final, o índice Asia Dow ficou em alta de 0,22% a 3.610. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em queda de 0,07% aos 30.808. O Xangai Composite ficou em queda de 0,66% aos 3.159. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em alta de 0,51% aos 2.455 pontos. O índice FTSE Straits, Cingapura, ficou em alta de 0,94% aos 3.501. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,27% aos 34.192. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,55% a 21.778. O índice XJO, bolsa de Sidney ficou em alta de 0,23% aos 5.829. Na Ásia, os mercados  de ações fecharam sem direção, com os investidores olhando com atenção para o conflito na Síria depois do ataque do último final de semana. O iene perdeu força diante do dólar, após pesquisa de opinião mostrar enfraquecimento do apoio ao primeiro-ministro Shinzo Abe, mas se recuperou durante a sessão. Na China, o dia foi de perdas. O índice Xangai Composto recuou 1,53%, com investidores cautelosos à espera da divulgação dos dados do PIB do 1º trimestre, no fim da noite desta segunda-feira.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 estava em queda de 0,18%  aos 378.51, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 0,15% aos 23.364; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 0,04% aos 9.771; o DAX 30 (Frankfurt) seguia estável aos 12.442; o FTSE-100 (Londres) seguia em queda de 0,39% a 7.235; o CAC 40 (Paris) seguia em queda de 0,08% aos 5.310; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em queda de 0,33%  a 5.459. As bolsas de ações europeias operam sem direção, com os investidores descolados do conflito na Síria depois dos ataques americanos e concentrados na temporada de balanços financeiros, bem como os indicadores da semana. O euro troca de mãos a US$ 1,2368 de US$ 1,2340 no fim da tarde de sexta-feira.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em alta de 0,71% aos 2.676. O Dow Jones (futuros) opera em alta de 0,72% aos 24.511. O Nasdaq (futuros) segue em alta de 0,77% aos 6.691. Os mercados operam com otimismo moderado, nesta segunda-feira. Investidores avaliam que as consequências do ataque norte-americano à Síria serão limitadas, não provocando ondas de aversão ao risco. Ativos considerados porto seguro, como títulos soberanos e ouro, recuam, enquanto os futuros dos índices de ações mostram valorizações moderadas. Hoje serão divulgadas as vendas ao varejo em março, que devem contribuir para as apostas para a política monetária. Segundo do consenso, o comércio americano aumentou suas vendas em 0,4% no mês, recuperando-se da queda de 0,1% em fevereiro.

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em queda na bolsa de Futuros de Londres a 0,64% a US$73,17 o barril.

O petróleo WTI segue em queda de 0,82%, cotado a US$ 66,82 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, ficou em queda de 1,59% a US$63,93 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1.124,70, alta de 2,52%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$1.034,10 a tonelada, alta de 0,30%.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de valores de São Paulo deve operar volátil nesta segunda-feira, com os investidores atentos aos movimentos no cenário externo e também analisando a primeira pesquisa Datafolha, mostrando fraco desempenho dos candidatos de centro em favor dos extremos (direita e esquerda). Na agenda, o Banco Central do Brasil apresentou o IBC-Br de fevereiro, que mostrou avanço de 0,09% em fevereiro.

AGENDA – Segunda-feira

No Brasil, o IBC-BR, o Boletim Focus, o IGP-10 e o IPC-S. Nos Estados Unidos, o relatório Empire de Manufatura, Vendas no Varejo, Estoques Empresariais e discursos de membros do Fed. Na China, o PIB, Vendas do Varejo, Produção Industrial e Investimentos em Ativos Fixos Urbanos.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation