Clicky

MetaTrader 728×90

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta sexta-feira (13).

ÁSIA – Ao final, o índice Asia Dow ficou em alta de 0,22% a 3.610. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em queda de 0,07% aos 30.808. O Xangai Composite ficou em queda de 0,66% aos 3.159. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em alta de 0,51% aos 2.455 pontos. O índice FTSE Straits, Cingapura, ficou em alta de 0,94% aos 3.501. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,27% aos 34.192. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,55% a 21.778. O índice XJO, bolsa de Sidney ficou em alta de 0,23% aos 5.829. Os mercados acionários da Ásia fecharam sem direção nesta sexta-feira, com as ações das empresas financeiras e produtoras de matérias primas. O índice MSCI Asia Pacific subiu 0,20%, no pregão de hoje. A China contrariou a tendência da região, com as bolsas fechando em queda. Refletiu o inesperado déficit de US$ 4,98 bilhões apurado pela balança comercial chinesa em março, o primeiro em 13 meses.

MetaTrader 300×250

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 estava em alta de 0,46%  aos 380.56, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 0,37% aos 23.390; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 0,98% aos 9.843; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em alta de 0,72% aos 12.504; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 0,12% a 7.267; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,46% aos 5.333; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em alta de 0,22%  a 5.499. Na Europa, os mercados acionários operam no azul com os ganhos com ações de matérias primas compensando as quedas em tecnologia e bens de consumo. No mercado de moedas, a libra inglesa se valoriza, atingindo um dos maiores níveis contra o euro em mais de uma ano, refletindo as apostas de que o banco central inglês (BoE) deve subir os juros na reunião da próxima semana, enquanto o Banco Central Europeu manteve um discurso mais dovish na ata da reunião de política monetária de março, publicada ontem.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em alta de 0,55% aos 2.678. O Dow Jones (futuros) opera em alta de 0,61% aos 24.605. O Nasdaq (futuros) segue em alta de 0,46% aos 6.701.   No mercado americano, os índices futuros de ações da bolsa de Nova York operam com altas discretas, nesta manhã de sexta-feira. O juro pago pelo T-Bond de 10 anos recua para 2,823% no momento, de 2,830% de ontem á tarde. O índice DXY que acompanha o valor do dólar diante de uma cesta de moedas registra fracas oscilações nesta manhã.

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em alta na bolsa de Futuros de Londres a 0,61% a US$72,14 o barril.

O petróleo WTI segue em queda de 0,13%, cotado a US$ 66,98 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, ficou em alta de 0,76% a US$64,96 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1.124,70, alta de 2,52%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$1.034,10 a tonelada, alta de 0,30%.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de valores de São Paulo deve manter a alta nesta sexta-feira, com os investidores cautelosos à espera de novas pesquisas eleitorais que devem ser divulgadas neste fim de semana para avaliar o desempenho dos candidatos pró-mercado. O dólar deve operar em queda, com o foco dos negociadores novamente voltados para o mercado acionário. Na agenda, apenas o IBGE apresentou os números do seto de Serviços. Brasília esvaziada deve dar uma trégua no setor político. O presidente Michel Temer viaja logo mais para o Peru para participar da  8ª Cúpula das Américas e, com isso, a presidente do STF, a ministra Cármen Lúcia assume a interinamente o comando do País.

AGENDA – Sexta-feira

No Brasil, o Volume de Serviços. Na Alemanha, o CPI Harmonizado e a Balança Comercial da Zona do Euro. Nos Estados Unidos, discursos de membros do Fed, a Criação de Emprego e a Confiança do Consumidor da Univ. de Michigan.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation