Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta quarta-feira (14).

ÁSIA – Ao final, o índice Asia Dow ficou em queda de 0,42% a 3.680. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em queda de 0,53% aos 31.435. O Xangai Composite ficou em queda de 0,57% aos 3.291. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em alta de 0,34% aos 2.486 pontos. O índice FTSE Straits, Cingapura, ficou em queda de 0,40% aos 3.539. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em queda de 0,06% aos 33.835. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,87% a 21.777. O índice XJO, bolsa de Sidney ficou em queda de 0,66% aos 5.935. As bolsas asiáticas fecharam o pregão em queda, com o índice MSCI Ásia Pacífico recuando -0,4%, reagindo aos acontecimentos de ontem nos Estados Unidos. Os dados de atividade da China vieram acima do esperado. A produção industrial cresceu 7,2% A/A contra expectativa de 6,2% A/A, acelerando em relação ao mês anterior também (6,6%). O investimento em ativos fixos também surpreendeu com crescimento de 7,9% A/A contra expectativa de 7,0% A/A. As vendas no varejo vieram em linha com a expectativa (9,7% A/A contra 9,8% A/A).

MetaTrader 300×250

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 estava em alta de 0,37% aos 376.88, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 0,09% aos 22.710; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 0,19% aos 9.709; o DAX 30 (Frankfurt) segue em alta de 0,49% aos 12.282; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 0,28% a 7.158; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,32% aos 5.259; e o PSI-20 (Lisboa) estava em alta de 0,19% aos 5.435. As bolsas na Europa estão em alta, puxadas por empresas produtoras de commodities. A produção industrial na Zona do Euro veio abaixo do esperado, com queda de -1,0% M/M contra expectativa de -0,5% M/M, fazendo o euro se depreciar contra o dólar, -0,11%, a US$ 1,2377. A reeleição de Angela Merkel como primeira-ministra da Alemanha deve dar mais tranquilidade aos mercados financeiros da região.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em alta de 0,24% aos 2.775. O Dow Jones (futuros) opera em alta de 0,38% aos 25.121. O Nasdaq (futuros) segue em alta de 0,35% aos 7.083. Mercados financeiros operam em alta hoje depois dos dados acima do esperado sobre atividade na China.

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em alta na bolsa de Futuros de Londres a 0,58% a US$64,58 o barril.

O petróleo WTI segue em alta de 0,72%, cotado a US$ 61,15 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, ficou em alta de 2,67% a US$71,64 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1.090,80, alta de 0,99%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$1.030,00 a tonelada e em alta de 0,22%.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de valores de São de Paulo deve manter a valorização nesta quarta-feira, com os investidores aproveitando para recompor as perdas de ontem em dia de agenda fraca. O real deve se valorizar contra o dólar hoje, acompanhando os preços de commodities e outras moedas de países emergentes. A China apresentou números melhores que o esperado. Os preços do petróleo mostram recuperação.

AGENDA –Quarta-feira

No Brasil foi apresentado o COMEX e o Fluxo Cambial. Na Alemanha, a Inflação. Na Europa, a Produção Industrial. Nos Estados Unidos, as Venda no Varejo, o IPP e Estoques no Atacado.


Assuntos desta notícia