Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta segunda-feira (04).

Mercados operam no azul, com a Ásia nas expectativas do acordo comercial com os Estados Unidos, com o clima político na Itália é mais tranquilo e dá força aos índices acionários. O dólar ganha força.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

ÁSIA- Ao final, o índice Asia Dow ficou em alta de 1,59% a 3.576. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em alta de 1,66% aos 30.997. O Xangai Composite ficou em alta de 0,52% aos 3.091. O índice FTSE Straits, Cingapura, ficou em alta de 1,17% aos 3.467. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em queda de 0,61% aos 35.011. O índice Kospi, bolsa da Coreia do Sul, ficou em alta de 0,36% a 2.447. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 1,37% a 22.475. As bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada nesta segunda-feira. O índice MSCI Asia Pacific fechou com valorização de 1,3%, depois de encerrar três semanas seguidas de quedas. As negociações comerciais entre China e Estados Unidos, ocorridas neste final de semana, não mostraram avanços significativos. O movimento das ações japonesas refletiu o avanço dos papeis das montadoras, em meio à fraqueza do iene diante do dólar ao longo do pregão. Apenas a Austrália apresentou indicadores.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 0,47% a 388.71, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia estável aos 22.113; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 1,54% aos 9.780; o DAX 30 (Frankfurt) estava em alta de 0,26% aos 12.757; o FTSE-100 (Londres) está em alta de 0,56% a 7.744; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,35% aos 5.484; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em alta de 1,50% a 5.600. Na Europa, o cenário mais tranquilo na na crise política na Itália favorece o euro que opera com alta significativa frente ao dólar. Nesta manhã, o euro avança a US$ 1,1728 de US$ 1,1659 no fim da tarde de sexta-feira.Na Zona do Euro serão apresentados o Sentix e a Confiança do Investidor.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em alta de 0,31% aos 2.742. O Dow Jones (futuros) opera em alta de 0,55% aos 24.765. O Nasdaq (futuros) estava em alta de 0,36% aos 7.108. O juro pago pelo T-Bond de 10 anos sobe a 2,921% de 2,895% no fim da tarde de sexta-feira. O índice DXY, que segue o valor do dólar frente a uma cesta de seis moedas fortes, recua 0,44%, no momento. Essa tendência de baixa também se verifica diante da maioria das moedas emergentes.O dia é de agenda vazia.

Commodities

A Petrobras anunciou o preço do litro da gasolina e do diesel para esta terça-feira (05). Para as distribuidoras e sem tributos, o preço da gasolina fica em R$1,9976 e o litro do diesel para R$2,0316.

O petróleo referência, Brent, segue em queda na bolsa de Futuros de Londres a 0,32% cotado a US$74,26 o barril.

O petróleo WTI segue em queda de 0,73%, cotado a US$ 65,35 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em queda de 0,47% a US$65,47 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1.171,90, alta de 0,15%, a tonelada. A celulose fibra curta fechou em US$1.050,80 a tonelada, alta de 0,02%.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de valores deve manter a valorização, em dia de poucos indicadores e ainda sob os efeitos da semana passada, com os combustíveis em destaque. Fica ainda no radar a queda de Pedro Parente na última sexta-feira e a chegada de Ivan Monteiro. O governo saiu politicamente mais frágil desse conflito, aumentando as incertezas em relação às eleições deste ano. O dólar comercial abriu e opera em queda aos R$3,739 para a venda.

AGENDA – Segunda-feira

No Brasil, o IPC-S, o Boletim Focus e a Produção Industrial. Na Zona do Euro, a Confiança do Consumidor e o PPI. Nos Estados Unidos, as Encomendas à Indústria. Na China, o PMI Composto.


Assuntos desta notícia