Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta sexta-feira (18).

Os mercados acionários devem manter a volatilidade nesta sexta-feira, sem indicadores, os juros das Treasuries devem manter o mesmo nível da sessão anterior. Com a economia norte-americana fortalecida, os investidores estão apostando que o Federal Reserve  deverá intensificar o aperto monetário .

MetaTrader 300×250

ÁSIA – Ao final, o índice Asia Dow ficou em queda de 0,26% a 3.589. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em alta de 0,34% aos 30.047. O Xangai Composite ficou em alta de 1,24% aos 3.193. O índice FTSE Straits, Cingapura, ficou em queda de 0,21% aos 3.529. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em queda de 0,86% aos 34.848. O índice Kospi, bolsa da Coreia do Sul, ficou em alta de 0,50% a 2.460. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,40% a 22.930. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,11% a 6.087. Na Ásia, as bolsas fecharam sem direção e na expectativa do acordo comercial entre a China e os Estados Unidos. Na China, o índice Xangai Composto, após uma abertura em queda, terminou o pregão em alta. A inflação japonesa desacelerou de 0,9% em março para 0,7% em abril, reforçando a intenção do Banco do Japão de manter sua agressiva política de estímulo monetário. O índice MSCI Asia Pacific fechou com alta de 0,20%, nesta sexta-feira.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em queda de 0,28% a 394.70, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia em queda de 1,46% aos 23.455; o Ibex 35 (Madri) segue em queda de 0,71% aos 10.143; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em queda de 0,25% aos 13.082; o FTSE-100 (Londres) está em queda de 0,32% a 7.762; o CAC 40 (Paris) seguia em queda de 0,09% aos 5.616; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em queda de 0,35%  a 5.733. Na Europa, s índices acionários estão devolvendo os ganhos da sessão anterior. No momento, o índice regional de ações, STOXX600, opera estável, depois de recuar 0,30%, na abertura. O euro perde valor frente ao dólar, recuando 0,10%, cotado a US$ 1,1783, no momento.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em queda de 0,18% aos 2.713. O Dow Jones (futuros) opera em queda de 0,04% aos 24.695. O Nasdaq (futuros) estava em queda de 0,42% aos 6.877.  Nesta manhã, o yield da Treasury de 10 anos encontra-se abaixo dos 3,107% de ontem à tarde. O índice DXY, que mede o valor do dólar ante seis moedas fortes, avança 0,21%, mas a moeda americana também ganha terreno diante das moedas dos emergentes, as quais caminham para encerrar a pior semana desde novembro de 2016.

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em queda na bolsa de Futuros de Londres a 1,13% cotado a US$80,18 o barril.

O petróleo WTI segue em queda de 0,20%, cotado a US$ 71,38 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em queda de 0,84% a US$66,92 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1.170,00, alta de 0,98%, a tonelada. A celulose fibra curta fechou em US$1.049,80 a tonelada, alta de 0,16%.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de valores de São Paulo deve manter a volatilidade com notícias corporativas, com a Petrobras no destaque e sem avanço nas discussões da cessão onerosa. O real está pressionado na carona de alta global, a curva de juros deve se ajustar diante das fortes altas de ontem. Neste momento, o dólar está cotado a R$3,760 para a venda, alta de 1,61%.

AGENDA – Sexta-feira

No Brasil, a FGV apresentou o IGP-M. Nos Estados Unidos serão apresentadas declarações de membros do Fed.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation