Clicky

mm TD 728

O Ibovespa fechou em queda nesta quinta-feira, com as commodities, cenário político, expectativas para os indicadores externos. Nos Estados Unidos, por exemplo, os índices em Wall Street despencaram com os números da economia local, no contraponto da declarações do Federal Reserve. Porém, em dia de agenda enfraquecida no cenário doméstico, a boa notícia veio da reação das energéticas com os papéis das gigantes do setor acima de 10% e embalando o índice IEE.

Ao final, o  Ibovespa ficou em queda de 1,08% aos 62.470 pontos e volume financeiro ficou em R$6,8 bilhões. O IEE ficou em alta de 1,10%.

“O mercado foi contaminado pelo cenário político e com a pergunta sobre o que vai acontecer.  De outro lado, os números pesaram em Wall Street, com os índices despencando. A nossa queda só não foi maior porque as elétricas ampararam o índice. A euforia se deu com a decisão do MME em modernizar o setor. Caso não ocorresse, com certeza, a queda seria em mais de 2%”, considerou o gerente de Bovespa da HCommcor, Ari Santos.

Na noite desta quarta-feira (05), o Ministério de Minas e Energia (MME) disponibilizou a consulta pública “Proposta de aprimoramento do marco legal do setor elétrico”. A consulta será para receber contribuições para estruturação de medidas legais que viabilizem o futuro do setor elétrico com sustentabilidade a longo prazo.

A consulta marca uma etapa importante para orientar o MME na elaboração de propostas específicas capazes de modernizar e a racionalização econômica do setor elétrico que permitam um primeiro aprimoramento de seu marco regulatório e comercial.

Com a nova decisão, as elétricas dispararam, com destaque para a Eletrobras e Copel, que já estavam valorizadas na sessão de ontem.

As ações com ganhos
Eletrobras ON, alta de 16,14%; Eletrobras PNB, alta de 10,45%; Gerdau Met. PNA, alta de 2,73%; Copel PNB, alta de 3,34%; e Cemig PN, alta de 2,76%.

As ações com perdas
BRF ON, queda de 3,12%; BR Malls ON, queda de 2,57%; JBS ON, queda de 2,48%; Telef. Brasil PN, queda de 2,42%; e Ambev ON, queda de 2,41%.

A Petrobras ON ficou em queda de 1% e a PN, queda de 0,33%, embalada pela variação nos preços do petróleo nos mercados internacionais. Os estoques de petróleo dos Estados Unidos ficaram abaixo das estimativas em 6,3 milhões de barris na semana encerrada em 30 de junho.

A Vale ON ficou em queda de 0,03% e a PN, alta de 0,30%, com o preço do minério de ferro derretendo na China.

Pagamentos de dividendos: Locamérica e Banco BTG Pactual.

Veja alguns pontos da consulta pública do MME para o setor elétrico:

– informação os consumidores sobre o funcionamento do Ambiente de Contratação Livre (ACL) através de campanhas de conscientização;
– redução gradativa da exigência de carga para contratar energia elétrica no mercado livre, dando fim a reservas de mercado, como o segmento especial, e definindo critérios de corte para representação direta no mercado, delimitando a fronteira entre atacado e varejo;
– racionalização de subsídios, evitando distorções dos incentivos dos agentes vendedores e compradores, de maneira que a competição seja mais isonômica e o mercado mais líquido, além de tornar mais simples eventuais políticas públicas de incentivo ou compensação;
– maior participação do ambiente livre no custeio da expansão do sistema, questão para a qual emergem várias contribuições com a ideia da separação de lastro – contratado por encargo – e energia – contratada livremente;
– aumento da flexibilidade do portfólio do ambiente regulado, permitindo respostas eficazes à ampliação do mercado livre, inclusive com mais mecanismos de integração comercial entre os ambientes (reciclagem de energia), o que implica também alternativas de redução da energia elétrica adquirida de forma compulsória pelas distribuidoras, entre outras no documento de 55 páginas do MME.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica, que passou a vigorar de 02 de maio a 01 de setembro no Ibovespa, mostra os cinco ativos com maior peso no índice: Itauunibanco PN (11,453%), Bradesco PN (8,244%), Ambev S/A ON (7,299%), Petrobras PN (5,331%) e Vale PNA (4,727%).

Commodities

O preço do petróleo WTI para agosto subiu 0,31% aos US$ 45,30 o barril na Bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 2,01% a US$61,96 a tonelada seca e com 62% de pureza.


Assuntos desta notícia