Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

A bolsa de ações de São Paulo fechou em queda nesta quarta-feira, com os investidores realizando um pouco e sem arriscar muito com o fechamento dos mercados nos Estados Unidos por conta do feriado do “Dia de Ação de Graças” amanhã (23) e da Black Friday (24). Os preços do petróleo reagiram para cima com a divulgação dos estoques dos Estados Unidos. O minério de ferro e a celulose apresentaram valorização.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 0,10% aos 74.518 pontos. O giro de negócios ficou em R$9,5 bilhões. O IEE ficou alta de 0,72%.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

“O mercado ficou atento ao quadro político, troca de ministros e esperando por alguma decisão da reforma da Previdência. Entretanto, o índice foi amparado pelos preços do minério de ferro, petróleo e também com um pouco de realização depois do movimento de ontem. A redução na exposição se deu também com o feriado nos Estados Unidos”, disse o gerente de Bovespa da HCommcor, Ari Santos.

As ações com ganhos
Sabesp ON, alta de 4,79%; Copel PNB, alta de 3,88%; Sid. Nacional ON, alta de 3,80%; Eletrobras PNB, alta de 3,35%; e Gerdau Met. PN, alta de 2,90%.

As ações com perdas
Suzano Papel ON, queda de 3,88%; Fibria ON, queda de 3,44%; BRF ON, queda de 2,62%; Lojas Renner ON, queda de 2,20%; e Cyrela Realt ON, queda de 1,88%.

A Petrobras ON ficou em alta de 0,86% e a PN, alta de 1,32%.

A Vale ON ficou em alta de 2,03% e a PN, alta de 2,11%.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica, que passou a vigorar de 04 de setembro a 28 de dezembro no Ibovespa, mostra os cinco ativos com maior peso no índice: Itauunibanco PN (10,846%), Bradesco PN (8,485%), Ambev ON (7,039%), Petrobras PN (4,883%) e Vale ON (9,040%).

Commodities

O petróleo referência, Brent, ficou em alta na bolsa de Futuros de Londres em 0,71% aos US$62,78 o barril.

O petróleo WTI ficou em alta de 1,95%, cotado a US$ 57,94 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em alta de 4,27% aos US$65,17 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$959,50, alta de 0,01%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$948,69 e alta de 0,89%, a tonelada.


Assuntos desta notícia