Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

O Ibovespa deixou de lado as valorizações recordes dos meses de janeiro e fevereiro e acabou fechando o mês de abril em ligeira alta de 0,88%.

Nesta segunda-feira, na véspera de feriado do Dia do Trabalho, a realização tomou conta dos negócios e também na carona com os índices de peso em Wall Street. Todos os mercados já estão atentos para o resultado da reunião do Federal Reserve na próxima quarta-feira (02).

MetaTrader 300×250

Ao final, o índice principal ficou em queda de 0,38% aos 86.115 pontos. O volume financeiro ficou em R$ 7,48 bilhões.

“No mês de abril, sem dúvida alguma, o acontecimento de destaque foi a prisão do Lula, mas acabou não fazendo preço na bolsa. O que realmente ficou no radar do mercado foi o STF [Supremo Tribunal Federal], com as indecisões sobre as votações de vários envolvidos na Operação Lava Jato, incluindo o próprio ex-presidente Lula. Porém, o que se viu foi a volta do estrangeiro na bolsa. Ainda pesaram os balanços financeiros e o noticiário corporativo, como Eletrobras, Embraer e até da Eletropaulo despertando o interesse de grupos europeus. O que se espera para maio é  o aumento da disputa política e uma posição melhor de algum candidato de centro que seja simpático ao mercado”, avaliou o analista da corretora Renascença, Luiz Roberto Monteiro.

Quanto ao movimento de hoje, Monteiro destaca um pouco de realização e na carona com Wall Street. “Na véspera de feriado e fechamento de mês já era esperado um movimento fraco. Wall Street ficou em queda e já com o radar no Fed”, concluiu.

As ações com ganhos

Rumo ON, alta de 3,41%; Suzano Papel ON, alta e 2,01%; Ecorodovias ON, alta de 1,95%; Equatorial ON, alta de 0,07%; e Smiles ON, alta de 1,41%.

As ações com perdas

BRF ON, queda de 3,58%; Natura ON, queda de 3,42%; JBS ON, queda de 2,23%; Ultrapar ON, queda de 2,47%; e B3 ON, queda de 2,05%.

A Petrobras ON estava em alta de 0,45%.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica do Índice Bovespa em vigor de 02 de janeiro a 04 de maio de 2018. Os cinco ativos que apresentam o maior peso na composição do índice são: Itauunibanco PN (10,510%), Vale ON (9,993%), Bradesco PN (7,830%), Ambev S/A ON (6,875%) e Petrobras PN (5,240%).

Commodities

O petróleo referência, Brent, ficou em alta na bolsa de Futuros de Londres a 0,78% a US$76,68 o barril.

O petróleo WTI ficou em alta de 0,69%, cotado a US$ 68,57 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.


Assuntos desta notícia