Clicky

Bovespa fecha com leve alta no pregão de 27/12/2016

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Faltam somente dois pregões para encerramento do ano de 2016 na Bovespa, e investidores cumprem somente o ano calendário sem querer assumir nenhum tipo de risco adicional. Basta ver os volumes transacionados que vão encolhendo a cada dia. Maior agressividade só em 2017, e assim mesmo depois das férias dos principais executivos gestores de recursos.

Também complica o espectro que paira sobre os mercados decorrentes da operação Lava Jato e delações da Odebrecht, além de vazamentos do Departamento de Justiça americano. Por enquanto o recesso no Legislativo e Judiciário inibem maiores informações vazadas, mas isso pode voltar com força a partir de fevereiro.

MetaTrader 300×250

Hoje tivemos a volta dos mercados na Europa e EUA depois do prolongado feriado natalino e os mercados operaram levemente no campo positivo. Aqui não foi diferente e na parte da tarde o Ibovespa passou a transitar pelo campo negativo. Na China o déficit na balança de serviços subiu para US$ 25,4 bilhões em novembro. Já nos EUA o índice Case-Shiller de preços de imóveis em outubro subiu em base anualizada 5,6%. Saíram também dois índices de atividade. O de Richmond subiu de 4 pontos para 8 pontos em dezembro, e o de Dallas em alta para 13,8 pontos, vindo de 8,8 pontos. Já a confiança do consumidor do Conference Board subiu para 113,7 pontos, quando o projetado era que ficasse em 109,8 pontos.

Na sequencia dos mercados no exterior o petróleo WTI em NY mostrava alta de 1,64%, com o barril cotado a US$ 53,89. O euro era transacionado em queda para US$ 1,0452 e os notes americanos de 10 anos tinham taxa de juros em alta para 2,57%. O ouro e a prata operaram em alta na Comex e commodities agrícolas majoritariamente em alta na Bolsa de Chicago. O minério de ferro teve alta de 2,3% no mercado spot chinês, com a tonelada em US$ 78,90, garantindo melhor performance das ações de Vale e siderúrgicas por aqui.

No segmento local o Bacen anunciou que o déficit primário do setor público em novembro atingiu R$ 39,1 bilhões, e chegando no ano a R$ 85,0 bilhões (1,48% do PIB). Os gastos com juros do ano atingem R$ 372,5 bilhões e o déficit nominal foi a R$ 457,5 bilhões, representando 7,96% do PIB. Em 12meses o déficit nominal chega a R$ 581,4 bilhões, algo como 9,28% do PIB e a divida bruta atinge 70,5% do PIB, quando no mês anterior estava em 69,5%. O péssimo resultado já era esperado, principalmente após o mês anterior ter incorporado os efeitos da repatriação de recursos.

No mercado os DIs fecharam o dia com queda de juros e o dólar encerrou em queda de 0,04%, cotado a R$ 3,275. Na Bovespa, na sessão de 23/12 os investidores estrangeiros tiveram pequeno ingresso líquido de R$ 5,8 milhões, deixando o saldo do mês negativo em R$ 1,13 bilhão e o ano bem positivo em R$ 13,9 bilhões.

No mercado acionário dia de alta nas principais bolsas europeias, com Londres em alta de 0,06%, Paris com +0,18% e Frankfurt com +0,19%. Madri e Milão em altas de respectivamente 0,08% e 0,24%. No mercado americano, faltando ainda cerca de uma hora para encerramento o Dow Jones tinha alta de 0,12% e o Nasdaq com +0,58%. Na Bovespa manhã de alta, e durante a tarde alternância entre levemente positivo e negativo, para encerrar em +0,12%, com índice em 58690 pontos.

Na agenda de amanhã teremos o fluxo cambial da semana anterior e nos EUA As vendas pendentes de imóveis de dezembro.

Boa noite.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia