Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

A Bovespa manteve o negativo até o final do pregão desta segunda-feira, com os investidores pegando carona nos demais internacionais. As commodities recuaram e puxaram para baixo as ações com os maiores pesos no índice como Petrobras e Vale.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 2,235 aos 57.781 pontos. O volume financeiro foi de R$5,8 bilhões.

MetaTrader 300×250

“Embora o processo de Impeachment esteja no radar, a Bovespa acompanhou o cenário externo, com os metais e o petróleo perdendo preço. Essa semana, com o quadro político, alguns indicadores que serão apresentados nos Estados Unidos poderão também puxar o Ibovespa”, considerou o operador da Renascença, Luiz Roberto Monteiro.

Entre as ações valorizadas estavam as da Energias BR ON, alta de 1,25%; e Qualicorp ON, alta de 0,09%.

Na contramão estavam as ações da Siderúrgica Nacional ON, queda de 8,33%; Usiminas PNA, queda de 5,99%; Gerdau PN, queda de 5,93%; Gerdau Metalúrgica PN, queda de 5,25%; e Cemig PN, queda de 4.26%.

A Vale ON recuou 3,67% e a PN, queda de 3,71%. Já a Petrobras PN recuava 3,44% e a ON, queda de 3,92%.

Commodities

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta segunda-feira em forte baixa de 3,03%, cotado a US$ 47,05, interrompendo assim uma sequência de altas registradas na semana passada.

As cotações caíram depois da divulgação dos planos da China de incentivar a exportação de petróleo refinado, assim como um novo crescimento das reservas do produto nas refinarias dos Estados Unidos pela oitava semana consecutiva.

O WTI, petróleo de referência no país, tinha atingido seu nível de preços mais alto em mais de um mês na última sexta-feira, motivado pelas especulações sobre uma restrição de produção entre os membros da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep).

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro fechou nesta segunda-feira em forte baixa de 3,38% no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 49,16.

O petróleo do Mar do Norte terminou a sessão no International Exchange Futures (ICE) US$ 1,72 abaixo do valor final da sessão de ontem, que foi de US$ 50,88.

As cotações começaram a semana abaixo da barreira psicológica dos US$ 50,00 no pior pregão desde julho. No entanto, neste ano, a alta do preço do barril é de mais de 30%, o que mostra a grande volatilidade registrada no mercado do produto em 2015. Essas informações são da Agência Efe.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao fechou em alta de 0,46% aos US$61,23 a tonelada seca e com 62% de pureza.


Assuntos desta notícia