Clicky

MetaTrader 728×90

As bolsas de valores da Europa reverteram as perdas da abertura e finalizaram no positivo nesta quinta-feira. O temor de um ataque dos Estados Unidos na Síria foi abrandado com o governo norte-americano afirmando que a investida era apenas uma possibilidade. Com isso, caiu a pressão sobre os mercados acionários do Velho Continente.

Ao final da jornada, o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 0,70% aos 378.82, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 1,27% aos 23.304; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 0,12% aos 9.747; o DAX 30 (Frankfurt) subiu 0,98% aos 12.415; o FTSE-100 (Londres) ficou estável a 7.258; o CAC 40 (Paris) subiu 0,59% aos 5.309; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 0,40% a 5.487.

MetaTrader 300×250

Ainda no radar dos negociadores ficou o conteúdo da ata da última reunião do Banco Central Europeu – BCE reafirmando o corte gradual no programa de flexibilização quantitativo que injeta € 30 bilhões por mês na economia da região. O BCE também deu sinal de que poderá elevar a taxa de juros.

Os membros do BCE veem as guerras comerciais como um risco para a recuperação econômica da Zona do Euro, segundo a ata divulgada hoje.

Entre as ações com perdas nas bolsas da Europa estavam as do Carrefour, que caíram 3,4%. A rede de supermercados francesa informou que as vendas no primeiro trimestre de 2018 caíram.

Entre as ações com ganhos estavam as da Playtech PLC, alta de 5,7%, depois que a empresa de software elevou as apostas de compra da italiana SNAITech por € 846 milhões de euros (US $ 1,05 bilhão).


Assuntos desta notícia