Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

As bolsas de valores da Europa voltaram para o negativo nesta quarta-feira, com o presidente do Banco Central Europeu Mario Drgahi reafirmando que o programa de compra de ativos deve seguir até que o índice de inflação real fique dentro do nível desejado pela instituição, ou seja, 2%.

Ao final, o índice Stoxx Europe 600 ficou em queda de 0,15% aos 374.94, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 1,05% aos 22.452; o Ibex 35 (Madri) ficou em queda de 0,03% aos 9.688; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em alta de 0,14% aos 12.237; o FTSE-100 (Londres) recuou 0,09% a 7.132; o CAC 40 (Paris) caiu 0,18% aos 5.233; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 0,10% aos 5.420.

MetaTrader 300×250

No entanto, Draghi disse que “há uma condição muito clara para que possamos levar as compras de ativos líquidos ao fim: precisamos ver um ajuste sustentado no caminho da inflação em direção ao nosso objetivo, que é uma taxa de inflação global abaixo, mas perto de 2% a médio prazo.” O presidente do BCE acrescentou que” o desempenho da inflação subjacente permanece subjugado em comparação com as recuperações anteriores.”

Entre os destaques de hoje estavam as ações da Adidas AG, alta de 11% no Stoxx Europe 600, depois que a empresa atualizou o objetivo de rentabilidade de longo prazo, mesmo quando registrou uma perda líquida no quarto trimestre devido a um efeito tributário negativo. A Adidas também propõe a elevação de seu dividendo de € 2,60 por ação e que iniciará um programa de recompra de ações de até € 3 bilhões.

O euro segue negociado em queda de 0,10% a US$1.2377. A libra está na contramão a 0,10% a US$1.3974.


Assuntos desta notícia