Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

As bolsas de valores da Europa fecharam com ganhos nesta segunda-feira, com os balanços financeiros e notícias corporativas, com a Nestlé em destaque aceitando acordo para vender produtos da Starbucks em todo o mundo, um negócio estimado em US$7,15 bilhões.

Ao final da jornada, o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 0,64% a 389,51, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 0,86% aos 24.544; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 0,36% aos 10.140; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em alta de 1,00% aos 12.948; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,28% aos 5.531; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 0,73% a 5.527.

MetaTrader 300×250

Na bolsa de Paris, o índice ficou em alta, mas perdeu ganhos com a Air France vendo as ações recuando 9,38% e sob os efeitos da renúncia do presidente da companhia neste fim de semana. A tensão na aérea vem se arrastando com uma greve e a reivindicação dos funcionários por melhores salários, bem como a nova Lei trabalhista da França.

O CEO Jean-Marc Janaillac renunciou depois que a equipe rejeitou um acordo de pagamento na sexta-feira, o que acabou despertando ainda mais as preocupações sobre o futuro da companhia, que costuma ser atingida por greves. O ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, disse em uma entrevista no domingo que a Air France-KLM corre o risco de “desaparecer” se não fizer os esforços necessários para competir.

Já a global Nestlé viu as ações subindo 1,6% com as notícias de que a gigante suíça de alimentos está unindo forças com a americana de cafés, Starbucks Corp.

O acordo dá ao grupo suíço de alimentos e bebidas “direitos perpétuos” para comercializar os produtos da Starbucks fora de suas cafeterias, e pagará US $ 7,15 bilhões à cadeia de café dos Estados Unidos como parte do acordo. As empresas também trabalharão juntas em estratégias para comercializar esses produtos.

“Essa aliança global de café trará a experiência da Starbucks para as casas de milhões de pessoas em todo o mundo por meio do alcance e da reputação da Nestlé”, disse Kevin Johnson, presidente e diretor executivo da Starbucks.

As ações da Starbucks subiram 3% antes do início da segunda-feira, enquanto as ações da Nestlé foram negociadas 1% a mais em Zurique.

A Nestlé espera que o negócio contribua positivamente para suas metas de lucro por ação e crescimento orgânico a partir de 2019. Cerca de 500 funcionários da Starbucks se juntarão à Nestlé como parte do acordo, que deve ser fechado até o final de 2018.

Ainda nesta sessão, o euro deu uma trégua e os dados econômicos da Alemanha também ajudaram na contração da moeda.

Indicadores

Na Alemanha, com base em dados provisórios, o Serviço Estatístico Federal (Destatis) informa que as novas encomendas ajustadas pelo preço na indústria haviam diminuído em março de 2018, com ajuste sazonal e calendário de 0,9% em relação ao mês anterior. Para fevereiro de 2018, a revisão do resultado preliminar resultou em queda de 0,2% em relação a janeiro de 2018 (primário + 0,3%).

Na Alemanha, o índice Econômico Sentix para a Zona do Euro caiu ligeiramente pelo quarto mês consecutivo, para 19,2 pontos, o nível mais baixo desde fevereiro de 2017. Essa tendência também determina a imagem global. As melhorias estão ocorrendo para os Estados Unidos e a Ásia, exceto o Japão. Os investidores estão obviamente esperando um resultado positivo para as negociações comerciais bilaterais entre as duas nações.

Na Zona do Euro, a pesquisa IHS Markit Eurozone de Vendas no Varejo – PMI – que acompanha as variações mês a mês nas três maiores economias do bloco combinadas – caiu para 48,6 em abril, de 50,1 em março, sinalizando a maior queda em 17 meses.


Assuntos desta notícia