Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Os investidores estão divididos nas negociações do começo da tarde desta segunda-feira, sem a referência dos Estados Unidos fechados por conta de um feriado, com os indicadores regionais no radar. Além disso, as atenções seguem para o encontro dos líderes do G-20, que termina hoje na China. Por lá será divulgado documento do encontro, vale ressaltar que o presidente do Brasil Michel Temer participa da reunião.

Enquanto isso, por aqui, as instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam um encolhimento um pouco maior da economia, este ano. A estimativa para a queda do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, passou de 3,16% para 3,20%. Para 2017, a previsão de crescimento subiu de 1,23% para 1,30%. As projeções fazem parte de pesquisa feita todas as semanas pelo BC sobre os principais indicadores da economia.

MetaTrader 300×250

A projeção das instituições financeiras para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi mantida em 7,34%. Para 2017, a estimativa caiu de 5,14% para 5,12%.

A expectativa das instituições financeiras para a taxa, ao final de 2016, foi mantida em 13,75% ao ano. Para o fim de 2017, a expectativa para a taxa básica foi alterada de 11,25% para 11% ao ano.

A projeção para a cotação do dólar passou de R$ 3,29 para R$ 3,26, ao final de 2016, e segue em R$ 3,45 para o fim de 2017.

Já o PMI de Atividade de Negócios ficou em 42,7 em agosto, sazonalmente ajustado, se mostrou consistente com uma queda acentuada no volume de produção do setor de serviços. A leitura ficou abaixo do valor de 45,6 observado em julho, indicando, assim, um ritmo mais rápido de contração. Cinco das seis categorias monitoradas pela pesquisa observaram uma redução na atividade, a exceção sendo a de Intermediação Financeira. Uma contração mais branda no volume de produção industrial foi insuficiente para compensar a queda acelerada na atividade de serviços e, portanto, a produção do setor privado diminuiu por um ritmo mais rápido.

O Índice Consolidado de dados de Produção Markit – Brasil caiu de 46,4 em julho para 44,4 em agosto, indicando uma queda aguda na atividade do setor privado como um todo.

Na outra ponta, os varejistas e prestadores de serviços estão mais otimistas em relação aos próximos meses. Segundo levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), caiu de 60,2% em abril para 39,5% em agosto o percentual de empresários que consideram a crise econômica muito grave. Para 47,9%, o segundo semestre será melhor do que o primeiro, enquanto 6,8% acreditam que será pior, bem abaixo dos 39,5% que esperam piora anteriormente.

A Bovespa opera estável aos 59.675 pontos e o dólar comercial segue em alta de 0,77%.

ÁSIA

As ações asiáticas subiram nesta segunda-feira,depois que os dados das folhas de pagamento dos Estados Unidos ficaram mais fracos do que o esperado e especulação se a maior economia do mundo está fortalecida e se o Federal Reserve poderá elevar os juros em setembro.

O Índice MSCI Asia Pacific saltou 1,4% para 140,04 a partir das 16:09, em Hong Kong, e o Hang Seng ficou em alta de 1,65% aos 23.639 pontos. Na China, o índice SSE Composite, da bolsa de Xangai ficou em alta de 0,15% aos 3.072 pontos. Na Índia, o índice BSE da bolsa de Bombai ficou em alta de 0,38% aos 28.532 pontos. E no Japão, o índice Nikkei da bolsa de Tóquio fechou alta de 0,66% aos 17.037 pontos.

Os empregadores americanos adicionaram 151 mil trabalhadores (não-agrícolas) nas folhas de pagamento, em agosto, abaixo do projetado 180 mil pelos economistas. Que trouxe alívio para os investidores, como as probabilidades do Fed subir as taxas este mês caindo para 32% de 42% há uma semana, enquanto as apostas para o aperto em dezembro diminuíram seis pontos percentuais, para 59%.

De acordo com o índice Caixin China Composite PMI , que abrange tanto a indústria como o de serviços, apontou para um novo aumento na atividade de negócios chinesa durante agosto, com a taxa de expansão pouco mudada da observada em julho. Isto foi demonstrado pelo índice de saída caindo uma fração apenas da alta de 22 meses, em julho de 51,9 para 51,8 em agosto. O novo aumento na atividade de negócios total foi amparado por expansões moderadas da atividade e do produto entre os setores de serviços e de manufatura em agosto. Os Serviços Gerais Negócios Índice de Atividade Caixin China subiu de 51,7 para 52,1 em agosto.

EUROPA

As bolsas europeias operam divididas nesta segunda-feira, com os investidores especulando se os bancos centrais continuarão a manter as políticas monetárias acomodatícias.

As ações de energia seguem com ganhos depois que a Rússia e Arábia Saudita concordaram em trabalhar em conjunto para estabilizar o mercado global de petróleo.

O Índice Stoxx Europe 600 subia 0,1% para 350,87 por volta das 3 e meia em Londres. Há pouco, em Milão, o índice FTSE-MIB operava estável aos 17.185 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 estava em alta 0,41% aos 8.945 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 subia 0,04% aos 4.543 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX 30 caía 0,07% aos 10.676 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 recuava 0,13% aos 6.885 pontos. E, em Lisboa, o índice PSI-20 subia 0,44% aos 4.783 pontos.

O PMI de saída da Eurozona ficou para o mês de agosto ficou em 52,9, abaixo dos 53,2 em julho. *

Já o PMI da atividade de Serviços da Zona do Euro ficou em 52,8 para o mês de agosto ante os 52,9 de julho. Os dados são do Markit Economics e divulgados hoje.

Na Alemanha, o PMI para a Atividade de Serviços caiu para 51,7 em agosto de 54,4 de julho. Apesar de ainda sinalizando crescimento da produção, a taxa de expansão foi a mais fraca desde meados de 2013 e abaixo da média da série de longo prazo, 53,1.

Na Alemanha, durante agosto, com o PMI de Saída – que mede a produção combinada de setores de manufatura e serviços – caiu a partir de julho de 55,3 para a maior em queda em 15 meses, 53,3 em agosto.

O PMI, com ajuste sazonal, para a Atividade de Negócios da Espanha subiu para 56,0 em agosto, ante os 54,1 do mês anterior, indicando assim uma expansão mensal acentuada da atividade e um mês mais forte do que o registrado no mês anterior. A atividade de negócios tem aumentado continuamente desde novembro de 2013.

Na França, o índice da Atividade de Negócios – que se baseia em uma única questão ao pedir aos entrevistados para informar sobre a mudança real na atividade comercial em suas empresas, em comparação com um mês – subiu para 52,3 em agosto de 50,5 em julho.

O índice final de Saída Composite – que abrange os setores de manufatura e serviços combinados – postou 51,9 em agosto, ante 50,1 em julho. Esse foi o maior nível desde outubro de 2015, embora o indicativo vêm mostrando uma taxa moderada de expansão.

Em julho 2016 em comparação com junho de 2016, o volume ajustado sazonalmente do comércio varejista aumentou em 1,1% na Zona do Euro (EA19) e 1,0% na União Europeia (EU28), de acordo com estimativas do Eurostat, o escritório estatístico da União Europeia.

Em julho 2016 em comparação com julho de 2015, o índice de vendas no varej aumentou 2,9% na Zona do Euro e 3,5% na EU28.

Commodities

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro abriu nesta segunda-feira no mercado de futuros de Londres cotado a US$ 46,71, baixa de 0,25% em relação ao fechamento da jornada anterior.

O mercado americano está fechado nesta segunda-feira.

*Informações completas no BOLETIM DE FECHAMENTO


Assuntos desta notícia