Clicky

MetaTrader 728×90

Os investidores dos mercados acionários globais estão atentos aos indicadores econômicos para o mês de outubro, reta final da eleição nos Estados Unidos, reuniões do Federal Reserve e Banco do Japão, que começam nesta terça-feira (01).

Por aqui, no pós-eleições municipais, em segundo turno, Brasília está calma nesta segunda-feira, considerando a semana mais curta. A próxima quarta-feira é feriado de Finados (02).

MetaTrader 300×250

O desempenho petista no segundo turno confirmou a tendência de queda que já havia sido apontada no primeiro turno. O partido não elegeu nenhum dos sete candidatos com os quais disputou ontem (30). Na região do ABC, onde nasceu o partido, nenhum dos dois candidatos conseguiram vitória.

Por outro lado, a atenção do governo segue para o fim do prazo da repatriação de recursos no final da noite hoje.

As instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam por inflação menor neste ano. De acordo com a pesquisa Focus, divulgada hoje, a projeção para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu pela sétima vez seguida, ao passar de 6,89% para 6,88%.

Para 2017, a estimativa segue em 5%. As projeções ultrapassam o centro da meta que é 4,5%. O teto da meta é 6,5%, este ano, e 6% em 2017.

O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, registrou déficit primário, receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros, de R$ 26,643 bilhões, em setembro, conforme o BC. Esse foi o pior resultado para o mês na série histórica, iniciada em dezembro de 2001. O resultado do mês superou o déficit primário de R$ 7,318 bilhões de setembro de 2015.

Nos nove meses do ano, o resultado negativo chegou a R$ 85,501 bilhões, contra déficit de R$ 8,423 bilhões, em igual período de 2015. Ainda hoje, o BC divulgará os números da balança comercial.

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) teve queda de 1,6 ponto no trimestre encerrado em outubro. Setembro registrou alta de 2,1 pontos, ao atingir 86,6 pontos. Quinze dos 19 segmentos pesquisados apresentaram retração.

A pesquisa Sondagem da Indústria de Transformação foi feita pela FGV/IBRE em 1.121 empresas, entre os últimos dias 3 e 27. Para 12,7% das empresas consultadas, os estoques estão excessivos. O índice é o mais baixo desde janeiro do ano passado, quando a taxa oscilou em 11,5%. A parcela de empresas que apontaram a existência de estoques insuficientes diminuiu de 7,1% para 4,8% do total.

A Bovespa opera em alta e próxima dos 65 mil pontos. Há pouco, o Ibovespa estava em alta de 0,40% aos 64.552 pontos. O dólar comercial opera em queda, uma das maiores baixas desde 2012.

Há pouco, a moeda era cotada aos R$3,183 para a compra e R$ 3, 183 para a venda, queda de 0,41%.

Hoje a Petrobras detalhou a venda de participação na Nova Transportadora do Sudeste (NTS) para a Brookfield Infrastructure Partners e suas parceiras.

Entre os esclarecimentos da estatal diz respeito às dívidas remanescentes na NTS, após o processo de reestruturação societária. As pendências serão quitadas no fechamento da operação, sendo assim, o valor total da transação de US$ 5,19 bilhões representará, integralmente, uma entrada de caixa para o sistema Petrobras, sendo US$ 4,34 bilhões no fechamento da operação e US$ 850 milhões em 5 anos, a ser atualizado no período.

Entre os destaques do dia estão os resultados financeiros, como o do Itaú Unibanco. O lucro líquido do Itaú Unibanco ficou em R$5,5 bilhões no terceiro trimestre, queda de 8,9% em relação ao mesmo período de 2015.  O lucro contábil ficou em R$5,3 bilhões, recuo de 9,7% na comparação também com o ano passado.*

ÁSIA

As bolsas asiáticas ficaram em queda nesta segunda-feira, com os menores resultados para um mês desde maio, com os preços do petróleo puxando as energéticas. Além disso, a semana é importante para o cenário global com a eleição do novo presidente dos Estados Unidos, bem com as reuniões dos bancos centrais do Japão e norte -americano.

Algumas pesquisas mostraram que a vantagem da Hilary Clinton sobre Donald Trump diminuiu com o FBI reabrindo uma investigação sobre seu uso de e-mails na última sexta-feira (28).

Entre as ações em alta estavam as da Hitachi Ltd., alta de 5,1%, em Tóquio, depois que os ganhos superaram as estimativas. Para hoje, cerca de 230 empresas incluídas no índice Topix do Japão deverão apresentar ainda os resultados, incluindo Honda Motor Co., Panasonic Corp., Fanuc Corp e Murata Manufacturing Co.

Já o iene mais fraco entrou no radar dos exportadores na tentativa de elevar os lucros.

Entre os papéis em queda estavam os da Mitsubishi Industries Ltd., queda de 3,5%, depois de cortar sua previsão de lucro e citando a moeda mais forte.

O Índice MSCI Asia Pacific caiu 0,4%, em Hong Kong, e o Hang Seng ficou em queda de 0,09% aos 22.934 pontos. O índice SSE Composite, bolsa de Xangai, ficou em queda de 0,12% aos 3.100 pontos. Na Coreia do Sul, o Kospi ficou em queda de 0,56% a 2.008 pontos. Na Índia, o índice BSE Sensex da bolsa de Bombai ficou em alta de 0,09% aos 27.941 pontos. Em Tóquio, o Nikkei 225 ficou em queda de 0,12% aos 17.425 pontos. O índice Topix, Japão, fechou em queda de 0,1%.

No Japão, a produção industrial manteve-se inalterada a partir de agosto, depois do aumento de 1,3% no mês anterior. Os dados são do Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão em uma estimativa preliminar segunda-feira.

Em relação ao mesmo período do ano anterior, a produção industrial subiu 0,9%. A produção anual subiu 4,5% em agosto, a mais rápida desde 2014.

O setor manufatureiro do Japão dá sinais de progresso, depois de um ano volátil. A expansão, em outubro, está no ritmo mais rápido em mais de um ano. O Markit / Nikkei PMI de manufatura subiu para 51,7 em outubro, de 50,4 no mês anterior. Qualquer indicador acima de 50 mostra  expansão.

O PMI de manufatura estava acima de 50, em setembro pela primeira vez em sete meses.

As vendas no comércio de varejo mostraram nesta segunda-feira que o setor ficou estável em setembro, depois de uma queda de 1,1% no mês anterior. Os dados, comparados com o ano passado, do comércio de varejo caíram 1,9%. As vendas de grandes varejistas caíram 3,2%, depois de uma queda de 3,6% no mês anterior.

EUROPA

As Bolsas da Europa operam recuadas nesta segunda-feira, com os preços do petróleo recuando e puxando as empresas de energia elétrica.

Os papéis da BP Plc e Royal Dutch Shell Plc caíram mais de 1,2%, puxando o Stoxx Europe 600. As ações das empresas de petróleo estavam entre as maiores altas no mês

A temporada de resultados, sem grandes destaques, o aumento dos rendimentos dos títulos em meio a preocupações com a inflação, a especulação sobre o aperto da política monetária e as eleições norte-americanas pesaram no  índice europeu. O valor de referência  caiu 1,1% em outubro.

Perto do fechamento, em Londres, o índice Stoxx Europe 600 caía 0,36% aos 339,58 pontos. Em Milão, o índice FTSE-MIB caía 0,79% aos 17.187 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 caía  0,51% aos 9.154 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX 30 estava em queda de 0,24% aos 10.670 pontos. Em Paris, o índice CAC 40 recuava 0,60% aos 4.521 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 perdia 0,46% aos 6.964 pontos. E, em Lisboa, o índice PSI-20 recuava 0,39% aos 4.658 pontos.

A inflação da Zona do Euro anual ficou em 0,5% até outubro de 2016, acima dos 0,4% em setembro de 2016, de acordo com uma estimativa provisória do Eurostat, o escritório estatístico da União Europeia. Olhando para os principais componentes da inflação na Zona do Euro, os serviços deverão ficar estável em outubro, 1,1%, estável em relação a setembro, seguido por alimentos, álcool e tabaco, 0,4%, em comparação com 0,7% em setembro, não energética bens industriais, 0,3%, estável em relação a setembro, e energia, -0,9%, em comparação com -3,0% em setembro.

A Zona do Euro é constituída por Bélgica, Alemanha, Estônia, Irlanda, Grécia, Espanha, França, Itália, Chipre, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Áustria, Portugal, Eslovênia, Eslováquia e Finlândia.*

O PIB ajustado sazonalmente cresceu 0,3% na Zona  do Euro (EA19) e 0,4% na União Europeia (EU28) durante o terceiro trimestre de 2016, em comparação com o trimestre anterior, de acordo com uma estimativa preliminar publicada pelo Eurostat, o escritório estatístico da União Europeia União. No segundo trimestre de 2016, o PIB também havia crescido 0,3% na E19 e 0,4% na EU28. Comparado com o mesmo trimestre do ano anterior, o PIB ajustado sazonalmente cresceu 1,6% na E19 e 1,8% na EU28 no terceiro trimestre de 2016, depois das altas de 1,6% e 1,8%, também em relação ao trimestre anterior.

ESTADOS UNIDOS

Os índices de peso em Wall Street abriram valorizados nesta segunda-feira. Os rumos da campanha presidencial e a reunião do Federal Reserve devem mexer com o humor dos investidores na semana e nos próximos dias de novembro. A temporada de balanços segue refletindo forte no desempenho das bolsas.

Há pouco, Dow Jones 30 estava em queda de 0,06% aos 18.146 pontos; o S&P subia 0,06% aos 2.127 pontos; e o Nasdaq subia 0,08% aos 5.194 pontos.

Os gastos dos consumidores dos Estados Unidos subiram mais que o esperado em setembro, como famílias impulsionando as compras de veículos, e a inflação aumentou de forma constante, o que pode reforçar as expectativas de uma subida das taxas de juros do Federal Reserve em dezembro. Os números do Departamento de Comércio mostraram que os gastos dos consumidores, que responde por cerca de 70% da atividade econômica dos Estados Unidos cresceram 0,5%, depois de uma queda de 0,1% em agosto.

O índice de preços despesas de consumo pessoal (PCE) aumentou 0,2%, depois de após um ganho similar em agosto. Nos 12 meses até setembro, o índice de preços PCE subiu 1,2%, o maior ganho desde novembro de 2014, depois de avançar 1,0% em agosto.

Excluindo alimentos e energia, o PCE subiu 0,1%, depois de subir 0,2% em agosto. Nos 12 meses até setembro, o núcleo PCE aumentou 1,7%, depois de um aumento similar em agosto.

A renda pessoal aumentou 0,3%, em setembro, depois de subir 0,2% em agosto. Os ordenados e salários avançaram 0,3%, depois de subir 0,1% no mês anterior. A Poupança caiu para US$ 797,8 bilhões de US$ 820,5 bilhões em agosto.

Commodities

O preço do petróleo do Texas (WTI, leve) para entrega em dezembro abriu nesta segunda-feira em baixa de 1,42%, cotado a US$ 49,01 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex).

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu nesta segunda-feira no mercado de futuros de Londres cotado a US$ 49,41, baixa de 0,60% em relação ao fechamento da sessão anterior.


Assuntos desta notícia