Clicky

MetaTrader 728×90

Os principais mercados acionários globais operam sem direção única no começo da tarde desta sexta-feira, com o radar no relatório de emprego dos Estados Unidos.

Em paralelo, toda a cautela das empresas segue para a proximidade da posse do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no próximo dia 20. As recentes declarações de Trump para o setor automotivo, em especial as montadoras com apetite no México, estão pesando no comportamento das ações.

MetaTrader 300×250

Já por aqui, a FGV divulgou o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que fechou 2016 com inflação de 7,18%, abaixo da taxa de 10,7% registrada no ano anterior. O dado foi divulgado hoje.

Entre os três subíndices que compõem o IGP-DI, a maior taxa de inflação foi observada no Índice de Preços ao Produtor Amplo, que avalia o comportamento de preços no atacado e que registrou variação de 7,73%.

Na noite desta quinta-feira, a Petrobras anunciou novo aumento nos preços do diesel para as refinarias. A decisão está alinhada com a política adotada em outubro do ano passado pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP). O valor aplicado do diesel foi de 6,1%, em média. Os novos valores começam a ser aplicados a partir de hoje, mas para a gasolina nas refinarias o preço ficou inalterado.

Se o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 3,8% ou cerca de R$ 0,12 por litro em média.

Ainda nesta manhã, a Secretaria da Receita Federal do Brasil informou o cronograma do Programa do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física para 2017 (IRPF 2017). O Programa do IRPF contempla, além da Declaração de Ajuste Anual da Pessoa Física, vários programas e aplicativos que visam facilitar o cumprimento das obrigações tributárias por parte dos contribuintes.

A RF informou também que a partir das 9 horas de segunda-feira (09), estará disponível para consulta o lote multiexercício de restituição do IRPF, contemplando as restituições residuais, referentes aos exercícios de 2008 a 2016.

O crédito bancário para 177.539 contribuintes será realizado no dia 16 de janeiro, totalizando o valor de R$ 370 milhões. Desse total, R$ 6.768.661,55 referem-se ao quantitativo de contribuintes, sendo 21.130 contribuintes idosos e 2.232 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Do lado acionário, a Bovespa segue em queda nesta sexta-feira, com commodities e também com foco dos investidores nos Estados Unidos.

Do lado cambial, o dólar comercial opera em alta. No interbancário, a moeda estava cotada aos R$3, 199 para a compra e R$3,200 para a venda, alta de 0,08%.

ÁSIA

Os mercados asiáticos fecharam sem direção nesta sexta-feira, com os investidores, em parte, pegando carona nos índices de peso em Wall Street, que recuaram na sessão desta quinta-feira. Refletiram os dados divididos do setor de trabalho e também a espera do novo relatório que será divulgado nesta manhã nos Estados Unidos. As montadoras também pesaram no comportamento negativo dos índices do Japão.

As ações da Toyota Motor Corp. contribuíram para o declínio do Japão, depois que o presidente eleito dos Estados Unidos Donald Trump ameaçou taxar a empresa sobre seu plano fabril para o México.

A mesma postura de Trump fez a Ford desistir do investimento de US$1,6 bilhão em uma planta no país vizinho e seguir com o projeto para Detroit.

Já sobre o relatório de emprego de sexta-feira, os investidores esperam mais pistas de como será o ritmo para a elevação das taxas de juros pelo Federal Reserve, que é o banco central norte-americano.

Ao final, o Índice MSCI Asia Pacific ficou em queda de 0,3%, com 11 grupos de empresas caindo embalado pelas montadoras. O índice Asia Dow ficou em queda de 0,23% aos 3.000 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng ficou em alta de 0,21% aos 22.503 pontos. Na China, o índice SSE Composite, da bolsa de Xangai ficou em queda de 0,35% aos 3.154 pontos. Na Coreia do Sul, o índice Kospi ficou em alta de 0,35% aos 2.049 pontos. Na Índia, o índice BSE da bolsa de Bombai ficou em queda de 0,44% aos 26.759 pontos. O índice Nikkei 225, do Japão, fechou em queda de 0,34% aos 19.454 pontos. O índice Topix, do Japão, recuou 0,2% com ienes em 116,20 versus o dólar.

Ainda hoje, o banco central da China reforçou sua fixação moeda, a maior desde indexação ao dólar desmantelado em julho de 2005, na sequência da moeda norte-americana.

A moeda chinesa, yuan, negociada fora do mercado chinês (offshore) recuou 1,1%, para 6,8599/US$, devolvendo parte da alta recente. O yuan negociado onshore recuou 0,6%.

EUROPA

Os mercados acionários da Europa operam sem direção nesta sexta-feira, com as análises sobre o relatório de folhas de pagamento dos Estados Unidos divulgado há pouco pelo Departamento do Trabalho. *

Nas negociações, os produtores de commodities lideram as perdas.

O dólar perdeu força contra o euro por dois dias, mas segue estabilizado nesta sexta-feira.

Perto do fechamento, em Londres, o índice Stoxx Europe 600 seguia estável aos 365.63. Em Milão, o índice FTSE-MIB seguia em queda de 0,09% aos 19.625 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 subia 0,18% aos 9.505 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX 30 subia 0,10% aos 11.595 pontos. Em Paris, o índice CAC 40 subia 0,09% aos 4.905 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 subia 0,06% aos 7.199 pontos. E, em Lisboa, o índice PSI-20 caía 0,17% aos 4.713 pontos.

Para o mês de novembro de 2016, em comparação com outubro, o volume do comércio varejista diminuiu 0,4% na Zona do Euro (EA19) e de 0,1% na União Europeia (UE28). No mês de outubro, o volume de comércio de varejo subiu 1,4% na E19 e 1,3% na UE28.

ESTADOS UNIDOS

Os índices de peso em Wall Street operam com perdas nesta sessão.

Há pouco, Dow Jones estava em queda de 0,20% aos 19.861 pontos; o S&P estava em queda de 0,09% aos 2.267 pontos; e o Nasdaq subia 0,17% aos 5.497 pontos.

O número total de empregos não agrícolas (Payroll) subiu 156 mil em dezembro e a taxa de desemprego foi pouco alterada em 4,7%.

O aumento de 156 mil na folha de pagamento de dezembro seguiu alta de 204 mil em novembro, que era maior do que previamente estimada. Os dados são do Departamento do Trabalho norte-americano e apresentados hoje em Washington.

A estimativa dos economistas era para um avanço 175 mil. A taxa de desemprego em 4,7% se deu com a força de trabalho crescendo, e os salários subindo em 2,9% a partir de dezembro de 2015.

Os resultados de dezembro foram ajudados por mais contratação em saúde e assistência social, cujo ganho de 63.300 trabalhadores foi o maior desde outubro de 2015. As fábricas contrataram, juntamente com os negócios de lazer e hospitalidade.

Revisões de relatórios anteriores adicionaram um total de 19 mil empregos para as folhas de pagamento nos dois meses anteriores.

As últimas remunerações da folha de pagamento trouxeram o avanço para 2016 a 2.16 milhão, após um ganho de 2.7 milhões em 2015. A alta acima de 2 milhão é a mais longa desde 1999, quando Bill Clinton era presidente.

As estimativas do Payroll de dezembro, segundo economistas, variaram dos ganhos de 125 mil a 221 mil. Novembro foi inicialmente relatado como um aumento de 178 mil.

A taxa de desemprego, que é derivada de uma pesquisa separada do Departamento do Trabalho dos agregados familiares, subiu 0,1 ponto percentual à medida que o emprego aumentou 63 mil.

Também nesta sexta-feira, o Departamento do Trabalho divulgou revisões datando de 2012 para dados da pesquisa domiciliar, incluindo a taxa de desemprego. A taxa de outubro foi revisada para 4,8% de 4,9% e setembro foi reduzida para 4,9% de 5%.

Os números de folha de pagamento da pesquisa de empregadores serão revisados ​​quando os dados de janeiro forem divulgados no próximo mês.

Entre os detalhes do relatório de dezembro, a taxa de participação, que mostra a participação da população em idade ativa na força de trabalho, aumentou para 62,7%, de 62,6%. O indicador tem estado pairando perto do nível mais baixo em mais de três décadas.

O emprego privado, que exclui as agências governamentais, subiu em 144 mil após um aumento de 198 mil no mês anterior. O emprego do governo aumentou em 12 mil.

As folhas de pagamento da fábrica ficaram em 17 mil, depois de um declínio de 7 mil no mês precedente.

BRASIL

A Bovespa opera em queda nesta sexta-feira, com a cautela para as commodities e também com os dados do setor de trabalho dos Estados Unidos no radar. ***

Há pouco, o Ibovespa estava em queda de 0,64% aos 61.676 pontos. O giro financeiro era de R$1,5 bilhão.

Entre as ações com ganhos no índice estavam as da Rumo Log ON, alta de 3,55%; Suzano Papel PNA, alta de 1,68%; e Brasil ON, alta de 0,84%.

Na contramão estavam as ações da Usiminas PNA, queda de 3,91%; Marfrig ON, queda de 3,19%; e Smiles ON, queda de 2,88%.

A Petrobras ON estava em queda de 0,39% e a PN, queda de 0,13%.

A Vale ON, queda de 1,72% e a PN, queda de 1,90%.

Carteira Teórica

A carteira teórica do Índice Bovespa que passou a vigorar entre e 02 de janeiro de 2017 a 28 de abril de 2017, com base no fechamento do pregão de 29 de dezembro de 2016, totaliza 59 ativos de 56 empresas e com a entrada da Eletrobras ON (ELET3). Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Itauunibanco PN (10,681%), Bradesco PN (7,740%), Ambev S/A ON (7,183%), Petrobras PN (6,008%) e Petrobras ON (4,592%).

Commodities

O petróleo WTI negociado na Bolsa de Nova York (Nymex) está em queda de 0,02% aos US$54,67.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 3,40% aos US$76,25.

*** Informações completas no BOLETIM DE FECHAMENTO

 


Assuntos desta notícia