Clicky

MetaTrader 728×90

Sem as referências dos Estados Unidos e da Europa os investidores, por aqui, partiram para as compras nesta segunda-feira. Em dia de baixa liquidez na Bovespa, o índice principal foi amparado por papéis da Petrobras e Vale.

Indicadores domésticos divulgados hoje ainda dão pistas de que a economia do País vai demorar um pouco para entrar no ritmo de desenvolvimento novamente.

MetaTrader 300×250

O penúltimo Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira não apresentou grandes novidades, com as projeções de mercado se mostrando mais otimistas com o quadro inflacionário, tanto deste ano (6,40%) quanto para 2017 (4,85%). Já para o PIB as projeções continuam afundando, ficando em queda de 3,49% para este ano e leve alta de 0,50% para o próximo ano, revisado para baixo pela sétima semana consecutiva.

Quanto às projeções do câmbio, no final do período, não houve alterações com o dólar ficando em R$ 3,46 este ano e R$ 3,42 no próximo ano, na projeção de juros também não houve alterações, com a SELIC estimada para o final do próximo ano ficando em 10,50%.

Hoje o Tesouro Nacional divulgou os resultados das contas do Governo Federal para o mês de novembro com déficit de R$38,4 bilhões, um dos piores resultados desde o início da série histórica, 1997. No mesmo mês de 2015, o resultado foi R$21,2 bilhões.

De acordo com o relatório, no acumulado de 2016, o resultado primário apresenta déficit de R$94,2 bilhões, frente aos déficits de R$54,1 bilhões em 2015.

A Bovespa, que vinha patinando nos últimos dias, ganhou força e ensaia os 59 mil pontos (Ver abaixo).

Do lado acionário, o dólar fechou em alta, bem como o euro, e praticamente dentro das projeções do Boletim Focus de hoje.

ÁSIA

A maioria das ações asiáticas caiu nesta segunda-feira, com parte dos mercados fechado, com iene subindo ante o dólar, enquanto os títulos indianos caíram para um mínimo de um mês. Os índices chineses recuperaram de perdas anteriores.

O MSCI Asia Pacific Index caiu 0,1% para 134,37 às 16:19 em Hong Kong. O índice Topix do Japão caiu 0,4%. O índice Asia Dow ficou em queda de 0,15% aos 2.907 pontos. Na Coreia do Sul, o índice Kospi ficou em alta de 0,09% aos 2.037 pontos.

Na Índia, o índice BSE da bolsa de Bombai ficou em queda de 0,90% aos 25.807 pontos, depois que o primeiro-ministro Narendra Modi sugeriu aumento dos impostos sobre os rendimentos do mercado de ações.

No Japão, o fortalecimento do iene em relação ao dólar pressionou as ações das exportadoras em geral. O índice Nikkei fechou em queda de 0,16% aos 19.396 pontos. O dólar foi negociado a 117,06 ienes, contra 117,40 ienes no fim da tarde de sexta-feira.

Na China, o índice SSE Composite, da bolsa de Xangai ficou em queda de 0,40% aos 3.122 pontos.

BRASIL

A Bovespa fechou em alta nesta segunda-feira, com baixa liquidez, sem a referência dos Estados Unidos e  Europa fechados por conta do pós-Natal. Com isso, Petrobras e Vale puxaram o índice principal para cima e ensaiando os 59 mil pontos.

No final, o Ibovespa ficou em alta de 1,18% aos 58.620 pontos. O volume financeiro ficou em R$1,6 bilhão.

Entre as ações com ganhos no Ibovespa ficaram as da Gerdau PN, alta de 3,11%; Vale PNA, alta de 2,56%; Bradespar PN, alta de 4,12%; Vale ON, alta de 3,37%; Bradesco ON, alta de 2,30%.

Na contramão no índice ficaram as da Localiza ON, queda de 1,57%; Braskem PNA, queda de 0,66%; Cosan ON, queda de 0,30%; Cemig PN, queda de 0,27%;e CPFL Energia ON, queda de 0,20%.

A Petrobras ON ficou em alta de 1,21% e a PN, alta de 1,26%. O movimento para cima se deu depois que o BNDES informou na última sexta-feira (23), o pagamento de R$16,7 bilhões referentes a três contratos de financiamentos com a Transportadora Associada de Gás, subsidiária integral da Petrobras, e a estatal.

Carteira teórica

Na carteira teórica, que vigora entre 05 de setembro de 2016 a 29 de dezembro de 2016, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do Ibovespa estão Itauunibanco PN (10,594%), Ambev S/A ON (8,588%), Bradesco PN (7,955%), Petrobras PN (5,523%) e Petrobras ON (4,268%).

Moedas

O dólar comercial fechou em alta nesta segunda-feira, sem a referência dos Estados Unidos e sem destaques relevantes com a reta final de 2016.

Ao final da jornada, no interbancário, a moeda ficou cotada aos R$3,274 para a compra e R$3,275 para a venda, alta de 0,17%.

O euro ficou cotado aos R$3,422 para a compra e R$3,42 para a venda, alta de 0,23%.

Em Frankfurt, o euro era cotado a US$ 1,0451 às 16h GMT (14h de Brasília) desta segunda-feira no mercado de divisas, acima do valor da sessão da última sexta no mesmo horário, que foi de US$ 1,0464. Já o Banco Central Europeu (BCE) fixou o câmbio oficial do euro em US$ 1,0446.

Commoditie

 

O minério de ferro fechou em alta de 2,61% aos US$78,14 a tonelada seca negociada no porto de Gingdao, China.


Assuntos desta notícia