Clicky

MetaTrader 728×90

Com agenda enxuta, os investidores ficaram divididos entre partir para o risco ou manter a cautela, em plena temporada de balanços. Porém, além da expectativa para a reunião do Federal Reserve nos próximos dias, os eleitores dos Estados Unidos se preparam para eleger o substituto de Barack Obama no próximo dia 08.

Mas não foi isso que tirou o humor dos investidores em Wall Street. Os números da Apple para o trimestre foram os piores em 15 anos. “O comportamento dos consumidores está mudando”, destacou a companhia.

Chart Trading 300×250

Enquanto isso, os investidores europeus analisam também os resultados das empresas, em especial do Reino Unido, com as articulações da primeira-ministra Theresa May para a saída do país da União Europeia. Por lá, as bolsas ficaram divididas.

Por aqui, o governo conseguiu uma vitória com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 241).

O Plenário da Câmara dos Deputados trabalhou mais de 14 horas para decidir no segundo turno a PEC 241, que estabelece o limite para os gastos federais para os próximos 20 anos, corrigindo-os pela inflação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A PEC foi aprovada por 359 votos a 116.

Já o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a Desaposentação é ilegal, que seria a possibilidade do aposentado voltar a trabalhar, contribuir com a Previdência e pedir a revisão dos benefícios no futuro.

O tema, que era discutido há dois anos, sofreu pedidos de vistas e mais de 180 mil processos estavam parados no País aguardando pelo STF.

Hoje, o Banco Central apresentou os números das operações de crédito do Sistema Financeiro. A taxa de juros do cheque especial continuou a subir em setembro, 3,8 pontos percentuais, de agosto para setembro, quando chegou a 324,9% ao ano, estabelecendo novo recorde na série histórica do BC, iniciada em julho de 1994.

Neste ano, a taxa do cheque especial já subiu 37,9 pontos percentuais em relação a dezembro de 2015, quando estava em 287% ao ano.

A taxa média das compras parceladas com juros, do parcelamento da fatura do cartão de crédito e dos saques parcelados, subiu 2,5 pontos percentuais e ficou em 154,7% ao ano.

Enquanto isso, a Bovespa seguiu recuada e com os papéis de peso valorizados (Ver abaixo)

O dólar comercial ajustou e ficou em alta de mais de 1%, mas nos R$3,10.

ÁSIA

As ações asiáticas recuaram nesta quarta-feira, com as ações de energia deslizando com os preços do petróleo e com os lucros decepcionantes da Apple Inc. As ações japonesas subiram com resultados positivos de empresas.

As empresas de energia lideraram as perdas entre os 11 grupos industriais do MSCI, com a queda no petróleo.

A Samsung Electronics Co. recuou depois que a Apple relatou preços para seus smartphones e prever a rentabilidade menor do que o esperado.

As ações da Great Wall Motor Co. caíram 11%, em Hong Kong. O índice Hang Seng caiu, enquanto os investidores esperam pelos resultados do Bank of China do terceiro trimestre.

O Índice MSCI Asia Pacific caiu 0,1% para ficar aos 140,22, em Hong Kong, e o Hang Seng ficou em queda de 1,02% aos 23.325 pontos. O índice SSE Composite, bolsa de Xangai, ficou em queda de 0,50% aos 3.116 pontos. Na Coreia do Sul, o Kospi ficou em queda de 0,89% a 2.828 pontos. Na Índia, o índice BSE Sensex da bolsa de Bombai ficou em queda de 0,91% aos 27.836 pontos. Em Tóquio, o Nikkei 225 ficou em alta de 0,15% aos 17.391 pontos. O índice Tpoix, Japão, fechou em alta de 0,4%, embalado pelas ações da NTT Docomo, alta de 2,8%, depois dos resultados.

O preço do petróleo WTI caiu 1% no pregão asiático, depois dos dados da indústria divulgados, os estoques dos Estados Unidos e com a Rússia reavaliando seu corte na produção.

EUROPA

As bolsas europeias ficaram sem direção nesta quarta-feira, com os resultados fiscais de algumas empresas decepcionando. Por outro lado, os negociadores de ações do Reino Unido, com índice principal dividido entre altos e baixos, estão deixando de lado o otimismo com o Brexit e com a primeira-ministra Theresa May preparando os detalhes para iniciar as negociações da saída do Reino Unido do bloco.

A Bayer AG decepcionou com os lucros e as ações caíram 1,5%. A Antofagasta Plc puxou as mineradoras, depois revisar a produção de cobre no próximo ano, com as ações em queda de 3,2%. As empresas de energia, incluindo BP Plc e Royal Dutch Shell Plc, escorregaram com os preços do petróleo ou com óleo.

As vendas da Renault SA subiram 3,2% e superaram as estimativas. As ações da Gucci saltaram 7,8%, depois de postar crescimento de vendas mais rápido desde 2012.

Ao final da jornada, em Londres, o índice Stoxx Europe 600 caiu 0,38% aos 341,76 pontos. Em Milão, o índice FTSE-MIB subiu 0,29% aos 17.280 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 subiu 0,37% aos 9.173 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX 30 ficou em queda 0,44% aos 10.709 pontos. Em Paris, o índice CAC 40 ficou em queda de 0,14% aos 4.534 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 caiu 0,85% aos 6.958 pontos. E, em Lisboa, o índice PSI-20 recuou 0,19% aos 4.701 pontos.

O indicador GfK de confiança do consumidor da Alemanha prevê 9,7 pontos para novembro, depois de uma figura de 10,0 pontos em outubro. Assim, o indicador caiu abaixo da marca de 10 pontos para a primeira vez desde junho 2016.

Após três quedas sucessivas, as expectativas econômicas melhoraram novamente em outubro. O indicador ganhou 6,2 pontos, subindo assim para um valor de 13,0 pontos. Isto representa um aumento de 15,9 pontos em comparação com o correspondente período do ano passado.

ESTADOS UNIDOS

Os índices de peso em Wall Street ficaram no vermelho nesta quarta-feira, com a temporada de balanços dividida. Resultados de algumas gigantes, como a Apple, estão decepcionando. Apenas o Dow Jones conseguiu manter o ganho.

Ao final, Dow Jones ficou em alta de 0,17% aos 18.199 pontos; o S&P perdeu 0,17% aos 2.139 pontos; e Nasdaq recuou 0,63% aos 5.250 pontos.

A Apple Inc. registrou seu primeiro declínio receita anual em 15 anos. Para seu quarto trimestre fiscal, encerrado em 24 de setembro, a Apple anunciou seu terceiro declínio consecutivo em receita e lucro. O lucro líquido caiu 19% para US $ 9 bilhões, ou US $ 1,67 por ação, de US $ 11,1 bilhões, ou US $ 1,96 por ação, no mesmo período do ano passado. A receita caiu 9%, para US $ 46,9 bilhões, antes do lançamento do iPhone 7, que foi colocado à venda uma semana antes do final do trimestre.

O iPhone foi responsável por 63% da receita da Apple no ano fiscal recém-concluído, mas o crescimento no mercado de smartphones tem diminuído recentemente e hábitos de compra do consumidor estão mudando. No quarto trimestre, a Apple disse que vendeu 45,5 milhões de iPhones, 2,5 milhões a menos do que um ano antes.

A campanha presidencial, com as votações iniciadas em alguns distritos dos Estados Unidos, já está levantando a cautela entre os negociadores.

Sobre os indicadores, os estoques de varejo subiram 0,3% contra os 0,6% na última leitura. Os estoques no atacado aumentaram 0,2% ante o 0,1% de setembro. Os estoques do varejo para setembro aumentaram 0,3%. No mês anterior o indicador marcou 0,6%.

Fora os veículos, os estoques aumentaram 0,1% ante os 0,3% na última leitura. Os estoques mais altos são positivos para o PIB em geral, mas o ganho é ainda modesto.

O avançado PIB dos Estados Unidos para o terceiro trimestre, conforme estimativas de economistas, está centrado em torno de 2,5%. Os dados são do Census.

Os dados de outubro apontam para uma melhoria acentuada no ritmo de crescimento em todo o setor de serviços os Estados Unidos, conforme o Markit Economics.

A atividade de negócios e novos negócios expandiram no ritmo mais rápido em 11 meses. A mais recente pesquisa também revelou uma recuperação da confiança para as perspectivas de negócio para o final do ano, com prestadores de serviços relatando o otimismo mais forte desde agosto de 2015.

As pressões de custos de entrada, entretanto, subiram a partir de uma baixa de 19 meses registrada em setembro, o que contribuiu para o aumento dos preços cobrados pelas empresas do setor de serviços em outubro.

O flash do PMI para a Atividade de Serviços está em 54,8, ante os 52,3 de setembro, com ajuste sazonal, alta robusta. A leitura mais recente foi a mais alta desde novembro de 2015 e contrasta com os padrões de crescimento moderados no terceiro trimestre de 2016 (índice de 51,5, em média).

As vendas de casas nos Estados Unidos, a uma taxa anual ajustada sazonalmente, ficaram em 593 mil, conforme o Departamento de Comércio informou nesta quarta-feira. O indicador ficou em 3,1% superior aos números de agosto, 609 mil. As vendas em setembro subiram 29,8%, em comparação com um ano atrás.

BRASIL

A Bovespa fechou em queda nesta quarta-feira, com os investidores analisando a temporada brasileira de balanços corporativos e realizando lucros.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 0,06% aos 63.825 pontos. O volume financeiro ficou em R$9,1 bilhões.

“O movimento de hoje foi normal, apesar da ligeira queda, que na parte da manhã foi influenciada pelos mercados lá fora e com alguns indicadores. A votação da PEC 241 já aconteceu, os resultados das empresas estão dentro do previsto, enfim, os sinais são bons e com as expectativas de retomada de crescimento. O que mexeu um pouco com o índice foram as ações da JBS e Hypermarcas, embora as duas tenham pequena participação no índice. Petro e Vale seguem fortalecidas”, disse o diretor de Bovespa da HCommcor, Ari Santos.

Entre as ações com ganhos estavam as ações da Telefonica Brasil PN, queda de 3,54%; Suzano Papel PN, alta de 2,97%; Vale ON, alta de 1,97%; Vale PNA, alta de 1,86%; e Cemig PN, alta de 1,55%.

Na contramão estavam as ações da JBS ON, queda de 11,45%; Natura ON, queda de 4,28%; Marfrig ON, queda de 4,17%; Cosan ON, queda de 4,09%; e Smiles ON, queda de 3,74%.

A Petrobras ON ficou em alta de 1,27% e a PN, alta de 0,56%.

Entre as empresas que apresentaram resultados na noite desta terça-feira (25) estava a Telefonica Brasil, que reportou lucro líquido de R$ 952,7 milhões no 3T16 foi 9,6% superior ao registrado no mesmo período de 2015. Nos 9M16, o lucro líquido atingiu R$ 2,8 bilhões, alta 29,5%.

O Ebitda (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) do 3T16 foi de R$ 3,4 bilhões, 8,8% superior ao registrado no 3T15.

A Suzano Papel e Celulose também já liberou os resultados, que embora positivos, foram também impactados pelo dólar e cenário econômico do País.

Já a forte desvalorização das ações da JBS foi atribuída à decisão do BRADESPAR, um dos principais acionistas do grupo, em não concordar com a proposta de reorganização da companhia.

Carteira teórica

Na carteira teórica, que vigora entre 05 de setembro de 2016 a 29 de dezembro de 2016, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do Ibovespa estão Itauunibanco PN (10,594%), Ambev S/A ON (8,588%), Bradesco PN (7,955%), Petrobras PN (5,523%) e Petrobras ON (4,268%).

 

Moedas

O dólar comercial recuperou ligeiramente o fôlego nesta quarta-feira. No interbancário, a moeda ficou cotada aos R$3, 141 para a compra e R$3, 142 para a venda, alta de 1,15%.

O euro ficou cotado em R$3,419 para a compra e R$3,424 para a venda, alta de 0,93%.

Em Frankfurt, o euro era cotado a US$ 1,0918 às 15h GMT (13h de Brasília) desta quarta-feira no mercado de divisas, acima do valor da sessão de ontem no mesmo horário, que foi de US$ 1,0859. Por sua vez, o Banco Central Europeu (BCE) fixou o câmbio oficial do euro em US$ 1,0925.

O Banco Central ofertou 5.000 contratos de swap cambial. Todos os contratos foram vendidos.

De acordo com os analistas, a ligeira valorização foi um ajuste. A moeda vem perdendo força com o País “barato” e com o fim do prazo para a repatriação dos recursos, segunda-feira 31 de outubro. “Com o volume entrando aumenta a oferta e a tendência é a queda”, considerou o operador de câmbio.

Commodities

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quarta-feira em baixa de 1,56%, cotado a US$ 49,18, apesar de as autoridades americanas terem anunciado uma redução semanal nas reservas de petróleo.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em dezembro caíram US$ 0,78 em relação ao fechamento de ontem.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro fechou nesta quarta-feira em baixa de 1,59% no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 49,98.

O petróleo do Mar do Norte, de referência na Europa, terminou a sessão no International Exchange Futures (ICE) US$ 0,81 abaixo do valor final da sessão de ontem, que foi de US$ 50,79.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao manteve a valorização em 1,76% aos US$63,07 a tonelada seca.


Assuntos desta notícia