Clicky

MetaTrader 728×90

WASHINGTON, 16 Mai (Reuters) – O procurador especial Robert
Mueller disse à equipe legal do presidente dos Estados Unidos,
Donald Trump, que irá seguir as diretrizes do Departamento de
Justiça de que um presidente não pode ser indiciado, relatou a
CNN, citando uma entrevista com o advogado de Trump, Rudy
Giuliani.
“Tudo que eles podem fazer é escrever um relatório”, disse
Giuliani, de acordo com a emissora. “Eles não podem indiciar. Ao
menos eles reconheceram isto para nós após algumas disputas,
eles reconheceram isto para nós.”
Um porta-voz de Mueller, Peter Carr, não respondeu
imediatamente um pedido de comentário da Reuters.
Mueller está investigando acusações de que a Rússia
interferiu na eleição presidencial norte-americana de 2016 e
possível conluio entre Moscou e a campanha de Trump.
A CNN informou que a equipe de Mueller tem debatido se irá
desafiar as diretrizes da era Nixon, que foram reafirmadas
durante o governo Clinton, de que um presidente em exercício não
pode ser indiciado.
Trump negou ter conspirado com a Rússia e chamou a
investigação de Mueller, que completa um ano na quinta-feira, de
uma caça às bruxas.
Giuliani e outro advogado de Trump, Jay Sekulow, não
responderam imediatamente um pedido de comentário da Reuters.

(Reportagem de Eric Beech)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7757))
REUTERS ID

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation