Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

MOSCOU, 14 Jun (Reuters) – O porta-voz do Kremlin, Dmitry
Peskov, disse nesta quinta-feira que o apoio de Moscou à redução
de hostilidades na Síria não está especificamente relacionado
com a Copa do Mundo na Rússia, mas é algo que o país defende há
muito tempo.
Peskov estava respondendo a uma pergunta durante coletiva de
imprensa sobre uma reportagem israelense que afirmou que a
Rússia havia pedido que Israel e outros países envolvidos no
conflito da Síria suspendessem combates durante o Mundial, que
começa nesta quinta-feira.
"É a política permanente da Rússia pedir que países assumam
uma posição equilibrada para prevenir ações que podem levar a
consequências altamente explosivas e à desestabilização de uma
já frágil situação", disse Peskov.
(Reportagem de Maria Tsvetkova)
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 22237141))
REUTERS MCP PF


Assuntos desta notícia

Join the Conversation