Clicky

MetaTrader 728×90

PERRIS, Estados Unidos, 16 Jan (Reuters) – Os 13 irmãos da
Califórnia, nos Estados Unidos, mantidos em condições
"terríveis" pelos seus pais, com alguns acorrentados a móveis e
outros passando fome, estavam sendo tratados depois de um
tormento que poderia deixá-los marcados por anos, disseram
autoridades nesta terça-feira.
A polícia estava investigando as circunstâncias do ocorrido,
no qual os pais, David Allen Turpin, 57 anos, e Louise Anna
Turpin, 49 anos, submetiam os filhos ao abuso, disse Greg
Fellows, do Departamento do Xerife do Condado de Riverside.
O casal foi preso no domingo, e cada um indiciado com nove
acusações de tortura e dez acusações relacionadas a colocar
crianças em perigo, disse o departamento. Eles foram detidos,
cada um com fiança fixada em 9 milhões de dólares. Há uma sessão
na corte prevista para quinta-feira.
As autoridades foram alertadas, depois que uma das crianças,
uma menina de 17 anos, ligou para a polícia após escapar pela
janela da casa em Perris, a 115 km de Los Angeles.
A polícia disse que eles encontraram três dos 13 filhos do
casal, com idades entre 2 e 29 anos, acorrentados com cadeados
dentro de uma casa escura e com mau cheiro.
"A polícia notou que as crianças estavam desnutridas", disse
Fellows. "Era muito sujo, e as condições eram terríveis."
Autoridades estão buscando autorização judicial para assumir
a custódia das crianças. Os serviços de proteção infantil ajudam
na investigação. Algumas das crianças foram alimentadas e estão
em condição estável num hospital local, disseram autoridades.
(Por Alan Devall e Bob Mezan)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702))
REUTERS AC


Assuntos desta notícia